WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
ilheus brindes
agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

:: ‘Brasil’

PL DA DEPUTADA ALICE CORRIGE DISTORÇÕES NAS APOSENTADORIAS DE MULHERES E PROFESSORES

Alice Portugal.

Alice Portugal.

A deputada federal Alice Portugal (PCdoB-BA) apresentou à Câmara dos Deputados projeto de lei para corrigir perdas decorrentes da incidência do fator previdenciário no cálculo de benefícios de mulheres e professores.
O Projeto de Lei 5580/13 propõe a alteração da Lei 8.213/1991, para ajustar a idade aplicada na apuração do fator previdenciário para quem comprovar que só trabalhou em sala de aula na educação infantil, no ensino fundamental ou médio.
Segundo a parlamentar, com a aplicação do fator previdenciário, em 2012, “as professoras tiveram redução média de 40% no valor de seu benefício”.  
A deputada explica que a penalização da categoria decorreu do fato de, com a introdução do cálculo do fator previdenciário, passou-se a considerar tempo de contribuição à Previdência Social e expectativa de sobrevida do segurado na data da aposentadoria (conforme tabela do IBGE).
Em consequência, quanto mais cedo o trabalhador pedir a aposentadoria, menor será o do benefício.  
Como, levando em conta o desgaste da profissão, a Constituição Federal assegurara  o direito de aposentadoria aos 30 e 25 anos de contribuição, para professores e professoras respectivamente, a categoria sofreu maior redução no beneficio.  
O PL 5580/13 vai corrigir essa distorção e assegurar que os docentes tenham benefícios equivalentes a qualquer outro trabalhador que se aposente por tempo de contribuição.
Além disso, segundo Alice, o projeto vai “resgatar a ideia original do legislador constitucional, que reconheceu o desgaste da atividade de professor, concedendo-lhe, na Constituição Federal, uma condição diferenciada para a aposentadoria, com direito a um tempo de contribuição reduzido em cinco anos”.

FEMEN DECRETA FIM DA FILIAL BRASILEIRA

DO OPERA MUNDI
fememA filial brasileira da organização feminista Femen não existe mais. A informação foi dada por uma das fundadoras do movimento original, a ucraniana Alexandra Shevchenko, em entrevista ao jornal Zero Hora. Segundo ela, a dissolução da organização no Brasil se deve aos problemas que tiveram com a sua organizadora no país, a paulista Sara Winter, que confirmou a notícia.
“Gostaria de dizer algo que imagino seja novo para vocês. Não temos mais Femen Brazil. A pessoa que nos representava, Sara Winter, e que tem sua própria conta no Facebook, o Femen Brazil, não faz parte do nosso grupo. Tivemos muitos problemas com ela. Ela não está pronta para ser líder. É uma pena, mas essa decisão faz parte do nosso crescimento como movimento honesto. O Femen Brazil não nos representa”, disse Shevchenko ao jornal.
A ucraniana não deu mais detalhes sobre a decisão, mas prometeu que o movimento será reconstruído no país.
Por sua vez, Sarah confirmou atritos com a matriz ucraniana. “As ucranianas são muito autoritárias. Em vários aspectos discordamos da postura delas, como no caso do comportamento discriminatório que elas tem com relação às mulheres islâmicas. Somos a favor da pluralidade religiosa”, afirmou.

:: LEIA MAIS »

DILMA É A 2ª MULHER MAIS PODEROSA DO MUNDO

Dilma, a poderosa.

Dilma, a poderosa.

A presidente Dilma Rousseff figura na segunda posição no ranking das mulheres mais poderosas do mundo. A lista é elaborada pela revista norte americana Forbes. Em 2012, Dilma era a terceira da lista. Na primeira posição, está a Chanceler alemã Angela Merkel.

PF VAI INVESTIGAR BOATO SOBRE FIM DA BOLSA FAMÍLIA

DO G1
Boato gerou tumulto em agências de João Pessoa, na Paraíba. Foto: G1.

Boato gerou tumulto em agências de João Pessoa, na Paraíba. Foto: G1.

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, solicitou neste domingo (19) à Polícia Federal a abertura de inquérito para investigar a origem de boato, espalhado neste sábado em cidades do Nordeste, de que o Bolsa Família teria os pagamentos suspensos. Segundo a assessoria de imprensa da pasta, o pedido foi feito diretamente ao diretor-geral da PF, Leandro Daiello, e o encaminhamento para abertura da investigação deve ocorrer nesta segunda-feira (20).
O pedido partiu da ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, que telefonou neste sábado para Cardozo. A falsa informação, já desmentida oficialmente neste sábado (18) pelo governo, se espalhou em alguns estados do Nordeste e gerou tumulto, com beneficiários correndo às agências da Caixa para sacar dinheiro do programa.
Segundo a assessoria do Palácio do Planalto, a presidente Dilma Rousseff ficou “muito preocupada” com o episódio e determinou imediata apuração sobre a origem e a disseminação do boato. O programa social de transferência de renda beneficia 13,8 milhões de famílias em todo o país.
Ainda neste sábado, o MDS e a Caixa emitiram notas oficiais reiterando que o programa não vai acabar e de que os pagamentos não serão interrompidos.

BOATO SOBRE BOLSA FAMÍLIA ENCHE LOTÉRICAS

bolsa familiaAs redes sociais continuam a pregar peças nos incautos.
O boato de que a presidenta Dilma Rousseff vai cancelar o Bolsa Família está levando pessoas  a procurarem as agencias da Caixa para tentar sacar parcelas “restantes” . No Sul e Sudoeste da Bahia, por exemplo, lotéricas de Itabuna, Ilhéus, Jequié, Vitória da Conquista e Porto Seguro lotaram no sábado (18).
Diante disso, a Caixa Econômica Federal emitiu nota, deixando claro que o Bolsa Família está mantido.
 

MANAUS VIRA CAPITAL DA PARAÍBA EM ESCOLAS DO RIO

DO BRASIL 247
Apostila com erros. Clique para ampliar.

Apostila com erros. Clique para ampliar.

Manaus é a capital do Amazonas. Mas não se surpreenda se estudantes do Rio de Janeiro discordarem. Apostilas usadas pelos 56.420 alunos do 5º ano do ensino fundamental foram impressas e distribuídas para escolas com erros sobre as capitais do país.
Nos dois primeiros Estados indicados –Pernambuco, cuja capital é Recife, e Paraíba, cuja capital é João Pessoa– há equívocos. Um terceiro erro está na sigla do Estado da Paraíba– está PA (que é a sigla do Pará) e não PB.
Segundo a SME (Secretaria Municipal de Educação), a confusão na confecção do material didático foi corrigida por um errata encaminhada para todas as escolas da rede. Mas o material contém outros erros.
Na apostila de história utilizada no 1º bimestre letivo de 2013 pelos alunos do 7º ano da rede municipal, um texto que explica o fim do Império Romano do Ocidente apresenta a cidade de Milão como sede do império em vez de Roma.
A rede pública municipal do Rio utiliza as apostilas em substituição aos livros didáticos. Quem produz o material são professores da Secretaria Municipal de Educação.
A secretaria informou, em nota, que a versão final é supervisionada pela professora Sueli Druck, do Instituto de Matemática da UFF (Universidade Federal Fluminense).

JEAN WYLLYS: “MARINA É REFÉM DA COVARDIA”

DO BRASIL 247
Jean e Marina.

Jean e Marina.

As declarações da ex-ministra Marina Silva sobre o deputado Marco Feliciano (PSC-SP), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara, renderam polêmica ontem na imprensa e nas redes sociais (leia mais).
Líder da causa LGBT, o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) foi um dos que protestaram contra a defesa de Marina, que afirmou, no Recife, que Feliciano era criticado por ser evangélico, e não por suas declarações.
Com atitudes racistas e homofóbicas, o parlamentar do PSC e pastor evangélico da Assembleia de Deus foi alvo de protestos por vários dias seguidos quando assumiu o comando do colegiado.
Segundo Marina Silva, porém, “hoje, se tenta eliminar o preconceito contra gays substituindo por um preconceito contra religiosos”.
Pelo Twitter, Jean Wyllys afirmou que faltou à ex-senadora criticá-lo por seu comportamento racista e homofóbico, que ela está em cima do muro sobre diversos assuntos e em busca de um eleitorado conservador, assim como está a presidente Dilma.

MALUCOS FAZEM VÍDEO CONTRA “DITADURA COMUNISTA” NO BRASIL

Quando a direita neoliberal e avessa a multidões tenta mobilizar a sociedade só pode dar em risadas, muitas risadas. Confira no vídeo abaixo.

BOLSA FAMÍLIA NÃO ESTIMULA ACOMODAÇÃO, AFIRMA IPEA

DA AGÊNCIA BRASIL
bolsa familiaO auxílio financeiro dado às famílias em situação de extrema pobreza pelo Programa Bolsa Família não desestimula os favorecidos a buscar emprego ou a se tornar empreendedores. A conclusão é de pesquisadores do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), após análise do microempreendedorismo brasileiro. “O Bolsa Família não produz o chamado efeito preguiça ou de acomodação. Prova disso é que boa parte dos beneficiados é empreendedora e está formalizada”, disse Rafael Moreira.
Ele é um dos pesquisadores do Sebrae e do Ipea sobre o microempreendedor individual – pessoa que trabalha por conta própria, que se legaliza como pequeno empresário de um negócio com faturamento máximo de R$ 60 mil por ano. Este tipo de empreendedor tem no máximo um empregado contratado, recebendo salário mínimo ou o piso da categoria.
A publicação Radar, divulgada hoje (7) pelo Ipea, relata  que 7% dos empresários individuais são também beneficiados pelo Bolsa Família. Além disso, 38% do público-alvo do programa são trabalhadores por conta própria, formalizados ou não. “Em geral, o Bolsa Família não diminui a oferta de mão de obra”, garantiu Moreira.
Segundo Mauro Oddo, outro colaborador do estudo, as microempresas representam 99% das empresas do país e são responsáveis por 51% de todos empregos existentes. “Isso mostra que o país não vai se desenvolver enquanto as diferenças entre a realidade monetária e a quantitativa for tão grande. As empresas [de menor porte] têm um grande peso para a economia. Não dá para entender o país sem entender o que são elas”, argumentou o pesquisador.

:: LEIA MAIS »

PESQUISA MOSTRA DESINTERESSE DE ALUNOS EM SEGUIR O MAGISTÉRIO

DA AGÊNCIA BRASIL
PROFESSORUma pesquisa feita na Universidade de São Paulo (USP) mostra que metade dos alunos de licenciatura nas áreas de matemática e física não pretende ou tem dúvidas quanto a seguir a carreira de professor de educação básica. Dos que cursam licenciatura em física, 52% não pretendem ser professores ou tem dúvidas. Em matemática, o percentual é 48%. A pesquisa ouviu um total de 512 estudantes recém-ingressantes da USP, incluindo também alunos de pedagogia e medicina.
A pesquisa Atratividade do Magistério para a Educação Básica: Estudo com Ingressantes de Cursos Superiores da USP, da pedagoga e mestre em educação pela Faculdade de Educação da USP Luciana França Leme selecionou as duas disciplinas de licenciatura em função da escassez de professores nas áreas de exatas. A estimativa do Ministério da Educação (MEC) é que o déficit de professores nas áreas de matemática, física e química seja de cerca de 170 mil.
A baixa remuneração do magistério, as más condições de infraestrutura das escolas e o desprestígio social da profissão estão entre os motivos apontados pelos estudantes para a falta de interesse em seguir a carreira. Segundo a pedagoga, a dificuldade de implementar em sala de aula o ensino da matemática e da física e a concorrência com profissões como as do mercado financeiro também afastam das salas de aula quem se forma nessas áreas.

:: LEIA MAIS »

dom eduardo

arquiteto













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia