WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
shopping jequitiba prefeitura ilheus embasa Neste site
maio 2020
D S T Q Q S S
« abr    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

:: ‘Brasil’

CONCURSOS ABREM 18 MIL VAGAS COM SALÁRIOS DE ATÉ R$ 22 MIL

concurso
Concursos públicos em todo o país, com inscrições abertas oferecem atualmente 18.307 vagas para todos os níveis, com salários de até R$ 22 mil, como no caso das vagas para juiz de direito substituto no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.
As oportunidades são para diversas regiões. Confira processos seletivos que estão na fase inicial clicando no Leia Mais.
:: LEIA MAIS »

GOVERNO QUER VOTAR MARCO CIVIL DA INTERNET ATÉ QUARTA, MESMO SEM APOIO DO PMDB

marco-civilO governo pretende votar o projeto do Marco Civil da Internet – que estabelece direitos e deveres de usuários e provedores – nesta quarta-feira (19), mesmo sem o apoio do PMDB. Para a aprovação, o governo espera que 270, dos 513 deputados sejam favoráveis.
A ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, admitiu, nesta terça-feira (18), depois da reunião de líderes da base, que o Planalto pode negociar a obrigatoriedade de que empresas provedoras de conexão mantenham data centers, no país, desde que a soberania dos dados esteja assegurada por legislação nacional.
O acordo sobre o ponto deve ser concluído em reunião, com líderes partidários, marcada para as 18h30, no Ministério da Justiça. A obrigatoriedade dessas instalações em território nacional era um dos impasses em torno do texto que já foi revisado mais de uma vez pelo relator, Alessandro Molon (PT-RJ).
Como o governo quer chegar à Conferência Global sobre a internet , marcada para o próximo mês, com avanços na proposta, a ideia é não retirar a urgência da matéria e manter todos as outras votações trancadas se o projeto não for votado.

BANCÁRIOS DA CTB DEFINEM ESTRATÉGIA DE LUTA PARA CAMPANHA SALARIAL 2014

ctbEntre os dias 15 e 16 de março, a cidade de Salvador foi palco do Seminário Nacional da CTB-Bancários. Com a presença de cerca de 60 dirigentes sindicais, vindos de 15 estados, os cetebistas definiram sua estratégica de luta para a Campanha Salarial deste ano, além de debaterem a atual conjuntura e a necessidade de ampliar a mobilização da categoria por todo o país.
Para Augusto Vasconcelos, vice-presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia, as últimas campanhas salariais apresentaram avanços, mas estes foram insuficientes para valorizar a categoria diante da alta lucratividade do sistema. “Devemos reencantar os bancários e ampliar a participação da categoria. Somente assim conseguiremos romper as dificuldades impostas pela ganância dos bancos”, afirmou.
Segundo Eduardo Navarro, dirigente nacional da CTB e vice-presidente da Federação dos Bancários da Bahia e do Sergipe, o resultado dos debates realizados durante os dois dias de Seminário será levado pelos cetebistas para todos os fóruns estaduais e nacional durante os próximos meses.
“Realizamos um debate aprofundado sobre as reivindicações da CTB Bancários para o ano 2014”, destacou Navarro. “Nossa ideia principal é valorizar os salários de uma categoria extremamente importante para o país”, completou.
:: LEIA MAIS »

BRASIL É O PAÍS ONDE OS RICOS PAGAM MENOS IMPOSTOS

PRAGMATISMO POLÍTICO
leao-imposto-rendaReclamar dos impostos é hábito comum da elite brasileira. Mas uma comparação internacional mostra que a parcela mais abastada da população não paga tantos tributos assim. Estudos indicam que são justamente os mais pobres que mais contribuem para custear os serviços públicos no país.
Levantamento da PricewaterhouseCoopers (PWC) feito com exclusividade para a BBC Brasil revela que o imposto de renda cobrado da classe média alta e dos ricos no Brasil é menor que o praticado na grande maioria dos países do G20 – grupo que reúne as 19 nações de maior economia do mundo mais a União Europeia.
A consultoria comparou três faixas de renda anual: 70 mil libras, 150 mil libras e 250 mil libras – renda média mensal de cerca de R$ 23 mil, R$ 50 mil e R$ 83 mil, respectivamente, valores que incorporam mensalmente o 13º salário, no caso dos que o recebem.
Nas três comparações, os brasileiros pagam menos imposto de renda do que a maioria dos contribuintes dos 19 países do G20.
Nas duas maiores faixas de renda analisadas, o Brasil é o terceiro país de menor alíquota. O contribuinte brasileiro que ganha mensalmente, por exemplo, cerca de R$ 50 mil fica com 74% desse valor após descontar o imposto. Na média dos 19 países, o que resta após o pagamento do imposto é 67,5%.
Já na menor faixa analisada, o Brasil é o quarto país que menos taxa a renda, embora nesse caso a distância em relação aos demais diminua. Quem ganha por ano o equivalente a 75 mil libras (cerca de R$ 23 mil por mês), tem renda líquida de 75,5% no Brasil e de 72% na média do G20.
As maiores alíquotas são típicas de países europeus, onde há sistemas de bem estar social consolidados, mas estão presentes também em alguns países emergentes.
Na Itália, por exemplo, praticamente metade da renda das pessoas de classe média alta ou ricas vai para os cofres públicos. Na Índia, cerca de 40% ou mais, assim como no Reino Unido e na África do Sul, quando consideradas as duas faixas de renda mais altas em análise.

PRODUTORA DE VÍDEOS PORNÔ ABRE VAGA PARA ESTÁGIO

TERRA
Candidatas do público feminino têm preferência na escolha.

Candidatas mulheres têm preferência na escolha.

A produtora de filmes pornográficos Brasileirinhas, que tem em seu catálogo nomes como Kid Bengala, Rita Cadillac, Alexandre Frota e Gretchen, abriu uma vaga de estágio para interessados em trabalhar com criação de textos e conteúdos. A vaga é destinada a pessoas com conhecimentos em SEO (Search Engine Optimization, em inglês) e o objetivo é a criação de palavras chaves que facilitem a busca de vídeos na internet.
De acordo com o diretor da produtora, Clayton Nunes, candidatas do público feminino têm preferência na escolha. São pré-requisitos para a vaga cursar Comunicação ou Letras, ter domínio da língua portuguesa, atualização e descrição de conteúdo, além de conhecimento do pacote Office (Word e Excel). Possuir senso de humor é um dos pontos chave, segundo o diretor.
​A bolsa-estágio é de R$ 900 para 6 horas trabalhadas por dia, de segunda-feira a sexta-feira, além de vale transporte e vale alimentação. Uma exigência é “não ter restrições com conteúdo adulto”. Os interessados devem se inscrever por meio do site. Até às 16h desta sexta-feira, 300 pessoas já haviam se candidatado a vaga.
Em agosto do ano passado, a produtora abriu uma vaga de estágio e recebeu cerca de 3 mil currículos, segundo Nunes. “Foi difícil demais para conseguir preencher aquela vaga.O pessoal vai muito para brincadeira”, disse. “Alguns escrevem ‘aí eu trabalho de graça’, mas quando chegam aqui veem que as meninas que fazem os filmes mal aparecem, apenas para receber os cheques, no máximo uma vez por mês”, completou.

JUSTIÇA IMPEDE AÉCIO DE CENSURAR A INTERNET

aécio-nevesAécio Neves quer proibir, nos sites de busca e nas redes sociais, links, perfis, páginas, tudo o que eventualmente faça menção a ligações entre ele e o “uso de entorpecentes” e à ação em que foi acusado de não aplicar o mínimo constitucional na Saúde durante sua gestão como governador de Minas Gerais.
Está movendo, sob sigilo, duas ações judiciais em São Paulo contra aos sites de busca e o Facebook. Resumindo: quer impor a censura prévia na rede.
Na primeira ação, já perdida em primeira instância, Aécio quer suprimir menções a um eventual “desvio de verbas”, pelo fato de o Ministério Público tê-lo acusado de “maquiar” as contas estaduais contabilizando recursos aplicados em saneamento básico para completar aparcela constitucional obrigatória para a Saúde.
Na segunda, iniciada em dezembro passado, diz a Folha, “o tucano pede providências contra “comunidades e perfis” em redes sociais que “atribuem ao político a condição de usuário de entorpecentes”.
Como o processo, a pedido dos advogados de Aécio, corre em segredo de Justiça, não é possível saber se ele também pede providências contra o Estadão, que publicou artigo de amigo de José Serra, Mauro Chaves, com o famoso “Pó pará, governador”. Até então os hábitos privados de Aécio, verdadeiros ou não, ficavam no âmbito de sua vida pessoal.
Da mesma forma que foi no Uol, através da coluna de Juca Kfouri, que se soube de seu currículo como estapeador de mulheres.
:: LEIA MAIS »

DILMA ROUSSEFF ASSINA DECRETO QUE BENEFICIA TÉCNICOS AGRÍCOLAS E FISCAIS AGROPECUÁRIOS

O deputado federal Geraldo Simões, juntamente com fiscais agropecuários.

O deputado federal Geraldo Simões, juntamente com fiscais agropecuários.

Foi assinado pela presidenta Dilma Rousseff e publicado no Diário Oficial da União, o decreto nº 8.205 de 2014, que dispõe sobre as atribuições dos Cargos de Atividades Técnicas de Fiscalização Federal Agropecuária , categorias de servidores públicos, de nível intermediário do quadro de Pessoal do Ministério da Agricultura Pecuária e do Abastecimento.
O deputado federal Geraldo Simões parabenizou a Associação Nacional dos Técnicos e Fiscais Agropecuários e suas correspondentes estaduais e a todos os técnicos de fiscalização federal agropecuária e aos técnicos agrícolas em geral, por essa grande vitória. “Foi graças à mobilização da categoria e ao trabalho diário, insistente, de seus representantes, que conseguimos a publicação deste decreto”, disse.
Simões esteve presente em todos os momentos desta luta, debatendo o assunto com as autoridades governamentais da área. “Sou testemunha do grande esforço que foi feito para chegar a este resultado”, disse. Para ele, “essas novas atribuições destes Técnicos de Fiscalização terão repercussões positivas nos setores produtivos agropecuários e significará uma valorização dos profissionais”.
“Fatos como estes mostram o valor da união dos trabalhadores e da importância de contar com uma liderança combativa. É com muito orgulho que também sou Técnico Agrícola”, ressaltou o deputado.

MARCHA À RÉ DA FAMÍLIA COM DEUS EM NOME DO PASSADO

BLOG DO SAKAMOTO
ditaduraRecebi cartas emails dos leitores, pedindo um post sobre grupos que estariam organizando uma nova Marcha da Família com Deus pela Liberdade para o sábado (22).
O objetivo desse pessoal seria marcar os 50 anos daquela excrecência que antecedeu ao golpe militar de 1964. Em defesa da fé, da família e da pátria.
Agregam valor ao camarote colocando uma série de reivindicações que eles, equivocamente, chamam de “conservadoras”. Pois uma coisa é o pensamento conservador, que merece ser respeitado e, na minha opinião, questionado – quando for o caso – nas arenas de discussões. A outra é gente que acha que a Constituição é papel higiênico e as instituições democráticas – que levamos décadas para reconstruir – são um grande vaso sanitário de onde só exala fedor.
Reivindicações que incluem uma “intervenção militar constitucional” (haha), o bloqueio da transformação do país em uma “ditadura homossexual” (hahahaha) e uma ação para evitar a “implantação do comunismo” pelo partido que está no poder (kkkkkkkkkk). Gente, em que país eles vivem?
Eu olhei, olhei e pensei que era uma piada. Ainda espero que seja um grande hoax.
Portanto, gostaria de analisar não o chamamento para a marcha em si e mais a reação dos que estão apoiando essas ideias.
Antes de tudo, um comentário sincero: como a democracia é linda…
Ainda vou escrever com mais calma sobre esse assunto, mas sabe o que mais assusta? A falta de conhecimento histórico. Qualquer análise de conjuntura e de contexto histórico, não só brasileiro mas de todo o mundo, mostra que 1964 e 2014 são dois momentos diferentes, com acúmulos políticos e participação popular diferentes também.
Há insatisfações lá como agora, e de todos os lados. Insatisfação contra o mau funcionamento das instituições (corrupção, enfim), mas também insatisfação de alguns contra a conquista de direitos por determinadas parcelas da sociedade que, sistematicamente, foram deixadas à margem (direito a não passar fome, por exemplo). Mas tendo em vista os contextos diferentes e o país diferente, as possibilidades de quebra institucional não são as mesmas.
:: LEIA MAIS »

HOMEM INJETA ÓLEO E VIRA “POPEYE DA VIDA REAL”

G1
popeye humano
Arlindo de Souza, de 43 anos, que injeta uma mistura de óleo mineral e álcool para aumentar o volume nos braços.

Arlindo de Souza, de 43 anos, injeta uma mistura de óleo mineral e álcool para aumentar o volume nos braços.

O uso de injeções de óleo mineral e álcool ou a aplicação de silicone industrial para aumentar o tamanho de partes do corpo, como os braços, são técnicas caseiras condenadas por médicos, que classificam os métodos como perigosos por oferecem risco à saúde. O uso desses métodos pode até matar, segundo os especialistas.
Dois casos recentes de pessoas que recorreram aos procedimentos estéticos caseiros foram registrados apenas este mês no Brasil.
Um deles é o do pedreiro Arlindo de Souza, 43 anos, de Olinda -PE, que teve sua história contada pelo site “Huffington Post” e foi apelidado de “Popeye da vida real” pelo jornal on-line britânico “Daily Mail” após mostrar seus bíceps de 73 centímetros “moldados” com a ajuda de injeções de óleo mineral e álcool.
Segundo o médico infectologista Paulo Olzon, presidente da associação dos médicos da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), ambos os métodos podem causar consequências graves aos usuários.
Ele explica que as substâncias podem invadir a corrente sanguínea e provocar embolia pulmonar, quando há obstrução de artérias ou veias do pulmão.
Além disso, é alto o risco de infecção, com chances de o membro sofrer algum tipo de trombose – o que pode causar até uma amputação.
:: LEIA MAIS »

GOVERNO PEDE RETIRADA DE MARCO CIVIL DA PAUTA

marco civilO governo tenta tirar da pauta de votação da Câmara o projeto do Marco Civil da internet, por temer uma nova derrota liderada pela bancada do PMDB na Casa.
Os peemedebistas já ajudaram a aprovar a criação de uma comissão responsável por apurar denúncias de corrupção na Petrobras. De acordo com a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, procurou pela manhã o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), para pedir a retirada da matéria da pauta. Internamente, o Palácio do Planalto começou a considerar o risco de derrota na votação, devido à atual rebelião da base aliada.
Alves já começou a consultar líderes partidários sobre o assunto e pode retirar a proposta de pauta ainda nesta quarta-feira (12). Os peemedebistas devem concordar com a prorrogação, mas defenderão que a matéria seja apreciada na próxima semana.



dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia