WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
ponte pontal ilheus Neste site
novembro 2020
D S T Q Q S S
« out    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

:: ‘Jair Bolsonaro’

EMBAIXADA DA CHINA DIZ QUE EDUARDO BOLSONARO AMEAÇA AS RELAÇÕES ENTRE OS PAÍSES

Embaixada da China diz que Eduardo Bolsonaro ameaça as relações entre os países (Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

A Embaixada da China no Brasil protestou ao Itamaraty e acusou Eduardo Bolsonaro, o filho do presidente brasileiro Jair Bolsonaro, de realizar declarações “infames” e de colocar em risco a relação entre os dois países.

A nova crise ocorreu depois que o deputado federal fez acusações contra Pequim no dia 23 de novembro. Nas redes sociais, ele indicou o Partido Comunista da China como “inimigo da liberdade” e insinuou invasões e violações às informações particulares de cidadãos e empresas. :: LEIA MAIS »

PARLAMENTARES BAIANOS TIVERAM REDES SOCIAIS MONITORADAS PELO GOVERNO BOLSONARO

Ao menos 116 parlamentares foram espionados pelo governo

Um esquema de monitoramento das redes sociais de parlamentares e jornalistas com dinheiro público, foi armado pelo governo federal. Seis parlamentares baianos estão nesta lista. De acordo com a coluna de Guilherme Amado na revista Época, o dia-a-dia remoto de deputados e senadores, oposicionistas e governistas, além de alguns colunistas de conteúdo jornalístico, foi vista diariamente entre fevereiro a abril deste ano. Os relatórios foram feitos encomendados pela Secretaria de Governo, do ministro-general Luiz Eduardo Ramos, e pela Secretaria de Comunicação.

Pelo menos 116 parlamentares foram “espionados” nesse período. Foram 105 deputados federais, nove senadores, uma deputada estadual, Janaína Paschoal (PSL-SP) e um vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ). Entre eles, os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado Davi Alcolumbre (DEM-AP). Há ainda “inimigos” do governo como Alexandre Frota (PSDB-SP) e Joice Hasselmann (PSL-SP) além de aliados como Carla Zambelli (PSL-SP). :: LEIA MAIS »

BOLSONARO SERÁ INVESTIGADO POR ILÍCITO ELEITORAL APÓS PEDIR VOTO EM LIVES

Bolsonaro teria pedido votos de forma irregular para candidatos aliados.

O vice-procurador-geral Eleitoral, Renato Brill de Góes, enviou ofício a nove Procuradorias Regionais Eleitorais (PREs) seja apurado se o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), cometeu “ilícito eleitoral” nas lives semanais. Bolsonaro tem feito transmissões ao vivo para promover candidatos.

A denúncia foi apresentada pelo Partido dos Trabalhadores (PT). Bolsonaro reservou mais de 20 minutos para o que denominou de “seu próprio horário eleitoral gratuito” para pedir votos para candidatos que apoia. :: LEIA MAIS »

PESQUISA APONTA AUMENTO DA REJEIÇÃO AO TRABALHO DE BOLSONARO

Aprovação de Bolsonaro voltou a apresentar queda.

Depois de 3 meses com a aprovação de seu trabalho maior que a rejeição, a popularidade de Jair Bolsonaro começa a dar sinais de queda. É o que mostra pesquisa PoderData, divulgada nesta quinta feira (12).

O levantamento aponta que 45% dos brasileiros aprovam a gestão. A taxa variou 3 pontos percentuais para baixo desde o último levantamento, feito 15 dias antes. Em 1 mês, houve queda de 7 pontos. :: LEIA MAIS »

MP PEDE QUE FLÁVIO BOLSONARO PERCA CARGO E FIQUE INELEGÍVEL CASO SEJA CONDENADO

Flavio Bolsonaro, Queiroz e outras 15 pessoas foram denunciadas

Caso o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos) seja condenado no caso das rachadinhas no gabinete, o Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) pediu à Justiça para que ele perca o cargo e se torne inelegível. O pedido foi inserido na denúncia apresentada ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) na quarta-feira (4).

Os promotores que estão à frente do caso pedem que todos os denunciados, caso condenados, sejam impedidos de exercer função ou cargo público por oito anos. O MP pede ainda que sejam indenizados aos cofres públicos R$ 6,1 milhões. :: LEIA MAIS »

MOURÃO CONTRARIA BOLSONARO E DIZ QUE GOVERNO FEDERAL COMPRARÁ VACINA CHINESA

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, falou com a Veja

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, disse em entrevista à revista “Veja” que o governo federal vai comprar a vacina do laboratório chinês Sinovac, desenvolvida em parceria com o Instituto Butantan, ligado ao governo de São Paulo.

“Lógico que vai”, afirmou Mourão, contrariando o que o presidente Jair Bolsonaro tem dito sobre o tema. Na entrevista, o vice reduziu a polêmica sobre a “vacina chinesa” a uma briga política entre Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). :: LEIA MAIS »

BOLSONARO DESAUTORIZA SAÚDE A COMPRAR VACINA CHINESA: ‘NÃO SERÁ COMPRADA’

Divulgação

Um dia após o Ministério da Sáude anunciar que o Brasil compraria 46 milhões de doses da vacina chinesa, desenvolvida pela empresa chinesa Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan, de São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro respondeu a um apoiador em rede social que a vacina, na verdade, “não será comprada”.

De acordo com o site Poder360, o presidente Jair Bolsonaro desautorizou a pasta a realizar o feito, ao enviar mensagens a ministros: “Alerto que não compraremos vacina da China. Bem como meu governo não mantém diálogo com João Doria sobre covid-19″. :: LEIA MAIS »

BOLSONARO DIZ QUE VACINA NÃO SERÁ OBRIGATÓRIA

Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a afirmar na manhã de segunda-feira (19) que a imunização contra o novo coronavírus não será obrigatória no Brasil. Em conversas com apoiadores, Bolsonaro disse que a decisão é do governo federal, e que o seu “ministro [da Saúde] já disse claramente que não será obrigatória essa vacina, e ponto final”.

Esta é a segunda manifestação de Bolsonaro nos últimos dias após o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmar na sexta-feira, 16, que usaria medidas legais para tonar a vacinação contra a Covid-19 obrigatória no estado. “Tem um governador também aí que tá se intitulando o médico do Brasil, dizendo que ela será obrigatória. Repito: não será”, afirmou o presidente, sem citar o nome de Doria. Bolsonaro já havia rebatido a fala do governador no sábado dia 17, ao afirmar no Twitter que o Ministério da Saúde não irá forçar a imunização.

:: LEIA MAIS »

STF JULGARÁ NA QUARTA-FEIRA (21) AFASTAMENTO DE SENADOR PEGO COM DINHEIRO NA CUECA

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O presidente do STF, ministro Luiz Fux, pautou para a próxima quarta-feira (21) o julgamento da decisão que afastou do cargo por 90dias o senador Chico Rodrigues, ex-vice-líder do governo de Jair Bolsonaro flagrado com maços de dinheiro na cueca.

No plenário, os ministros da corte deverão decidir se mantêm a decisão do ministro Luís Roberto Barroso ou modificam a ordem de afastamento do senador. :: LEIA MAIS »

VICE-LÍDER DO GOVERNO É FLAGRADO PELA PF COM DINHEIRO NAS NÁDEGAS, DIZ REVISTA

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O vice-líder do governo Bolsonaro, o senador Chico Rodrigues (DEM-RR), teria sido flagrado com dinheiro escondido entre as nádegas durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão pela Polícia Federal em Boa Vista, capital de Roraima, nesta quarta-feira (14). A informação é da revista Crusoé.

Em contato com a publicação, as fontes que atuam no caso confirmaram que dinheiro em espécie havia sido apreendido, mas não detalharam onde as cédulas estavam escondidas. Segundo a reportagem, R$ 30 mil teriam sido encontrados no local. :: LEIA MAIS »



dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia