WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
ilheus brindes
maio 2019
D S T Q Q S S
« abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: ‘Jair Bolsonaro’

BLOQUEIO DE VERBAS DO GOVERNO FOI SUPERIOR A 40% EM 300 PROJETOS

Divulgação

O governo federal congelou todo o Orçamento previsto neste ano para políticas em áreas sensíveis, como contenção de cheias e inundações, prevenção de uso de drogas, assistência à agricultura familiar e revitalização de bacias hidrográficas na região do São Francisco.

Sem poder cortar as despesas obrigatórias, como salários e aposentadorias, e com a reforma da Previdência tramitando lentamente, a guilhotina do governo teve de avançar sobre diversas políticas públicas. Estudo da Associação Contas Abertas, feito a pedido do jornal O Estado de São Paulo, mostra que cerca de 140 projetos de 11 ministérios estão com 100% de seus recursos bloqueados, a maioria deles na área de infraestrutura.

:: LEIA MAIS »

DEPUTADO BAIANO REBATE BOLSONARO: “INÚTIL E DESQUALIFICADO É VOCÊ”

Deputado rebateu fala do presidente em que qualificou manifestantes como “idiotas”

O deputado estadual Robinson Almeida (PT) condenou às criticas do presidente Jair Bolsonaro às manifestações realizadas em todo país, nesta quarta-feira (15), contra os cortes na Educação pública promovida por seu governo. Nos EUA, Bolsonaro chamou os manifestantes da educação de “idiotas úteis” e disse que os 14 milhões de brasileiros desempregados “não tem qualquer qualificação”.  

“O único idiota que os brasileiros conhece (sic), Bolsonaro, é você, que quer destruir a Educação Pública brasileira. Você é um inútil que não consegue apresentar nenhuma perspectiva, nem um projeto positivo para o Brasil”, escreveu Robinson Almeida, no microblog Twitter.

:: LEIA MAIS »

ILHEENSES VÃO AS RUAS EM PROTESTO CONTRA CORTES DA EDUCAÇÃO

Manifestação reuniu estudantes, pais e professores nas ruas de Ilhéus. FOTO Via Twitter: @joansantana

Esta quarta-feira, dia 15 de maio de 2019, está sendo marcada por manifestações em todo o país contra os cortes na educação promovidos pelo governo de Jair Bolsonaro. Em Ilhéus a manifestação também ocorreu, de forma pacífica, nas ruas do centro da cidade. 

Educadores, alunos e pais saíram nas ruas em diversas cidades do país provocando um tsunami contra a política do governo de Bolsonaro de desmonte do sistema público de educação. Reitores, associações de professores e alunos convocaram para o ato, que conta com o apoio de outras categorias. :: LEIA MAIS »

EM RITMO DE CONFLITO, OLAVO DE CARVALHO USA DEFICIÊNCIA DE GENERAL PARA CRITICAR MILITARES

Olavo, guru de Bolsonaro, segue atacando os militares que formam a base do presidente.

O escritor Olavo de Carvalho voltou a usar imagens escatológicas para ofender militares do Palácio do Planalto, nesta terça-feira (7), em mais um capítulo da guerra virtual que vem travando com os militares do governo de Jair Bolsonaro.

O guru do presidente publicou em suas redes sociais, na madrugada desta terça-feira (7), um comentário em que critica generais por, conforme sua avaliação, se esconderem “por trás de um doente preso a uma cadeira de rodas”, tendo como alvo principal o general Eduardo Villas Bôas, membro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) do governo.

:: LEIA MAIS »

REJEITADO EM NOVA YORK, BOLSONARO DESISTE DE VIAGEM PARA RECEBER HOMENAGEM

Presidente participaria de um jantar de gala em sua homenagem promovido pela Câmara de Comércio Brasil-EUA. Banco do Brasil iria fazer aporte

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) cancelou sua ida a Nova York para participar de um jantar de gala promovido pela Câmara de Comércio Brasil-EUA em sua homenagem no dia 14 de maio, segundo confirmou o porta-voz da presidência Otávio Santana do Rêgo Barros.

O ultraconservador foi escolhido Personalidade do Ano de 2019, mas sua ida enfrentou uma série de resistências. A primeira foi do Museu de História Natural, que se recusou a sediar o evento após a pressão de ativistas, de políticos e da sociedade civil norte-americana.

:: LEIA MAIS »

PARLAMENTARES BAIANOS CONVOCAM MINISTRO DA EDUCAÇÃO PARA EXPLICAR CORTE DE VERBAS DAS UNIVERSIDADES

Ministro de Bolsonaro segue linha de ataques às instituições de ensino superior.

Deputado federal pela Bahia, Bacelar (Pode) preparou uma convocação do ministro da Educação Abraham Weintraub para explicar, na Câmara dos Deputados, o contingenciamento do orçamento do ensino superior anunciado pelo Ministério da Educação (MEC).

Após uma onda de críticas ao anúncio de que o MEC cortaria verbas da Universidade Federal da Bahia (Ufba) e de mais duas universidades federais com base em princípios ideológicos, o governo Jair Bolsonaro (PSL) resolveu estender o bloqueio de 30% dos recursos a todas as universidades federais do país nesta quarta-feira (1°). 

:: LEIA MAIS »

GOVERNOS NORDESTINOS REBATEM FALA DE BOLSONARO COM APOLOGIA AO TURISMO SEXUAL

Trecho do vídeo.

Neste fim de semana, por meio das redes sociais, os governos de vários estados nordestinos se manifestaram em repúdio a fala desastrosa do Presidente da República, Jair Bolsonaro. Em entrevista coletiva o presidente disse que o Brasil não é “paraíso gay”, mas “quem quiser vir fazer sexo com mulher, fique à vontade”, diz Jair Bolsonaro, ele ainda acrescentou que “não podemos ser país do mundo gay, temos famílias”.

Além de homofóbico, o Presidente fez clara apologia ao turismo sexual e foi rebatido por meio de propagandas publicitárias divulgadas nas redes sociais dos governos dos estados nordestinos. O governo da Bahia publicou um pequeno vídeo onde afirma que “a Bahia está a disposição dos turistas, as mulheres baianas não”. Os governos de Sergipe, Maranhão e Rio Grande do Norte também seguiram na mesma linha. Confira abaixo o material publicado no perfil oficial do governo do estado no Instagram. 

:: LEIA MAIS »

FOGO AMIGO: CARLOS BOLSONARO MANTÉM ATAQUES A MOURÃO NAS REDES SOCIAIS

Filho de Bolsonaro, Carlos segue atacando o vice do pai pelas redes sociais.

O vereador do Rio, Carlos Bolsonaro (PSC), filho do presidente Jair Bolsonaro, manteve durante esta terça-feira, 23, os ataques ao vice-presidente Hamilton Mourão. Só na terça foram três tuítes com críticas ao vice. À noite, ele resgatou uma declaração, feita em setembro de 2018, uma semana após o atentado a Bolsonaro.

“Naquele fatídico dia em que meu pai foi esfaqueado por ex-integrante do PSOL e o tal de Mourão em uma de suas falas disse que aquilo tudo era vitimização”. O porta-voz da Presidência, general Rêgo Barros, afirmou que Bolsonaro quer um ponto final na desavença pública. Segundo o porta-voz, Bolsonaro disse que Mourão terá o apreço do presidente, mas afirmou que estará “sempre ao lado” do filho.

:: LEIA MAIS »

PREFEITOS BAIANOS SE DIZEM FRUSTRADOS COM DISCURSO DE BOLSONARO

Prefeitos criticaram discurso “vazio” do Presidente.

Prefeitos baianos que participaram da abertura da 22ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios consideraram frustrantes as palavras do presidente Jair Bolsonaro. Segundo o presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro, o discurso do presidente foi vazio, frustrante. A Marcha começou nesta terça-feira (9) e vai até quinta-feira (11).

“Toda marcha sempre é anunciado algum benefício para os municípios e o discurso do presidente foi muito vago, vazio, com promessas futuras, mas nada de concreto. Automaticamente, frustra a perspectiva de haver investimento desse novo governo direcionado aos municípios. É impressão minha e dos meus colegas que conversei aqui em Brasília”, disse Ribeiro que é prefeito de Bom Jesus da Lapa e também vice-presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), que organiza o evento. :: LEIA MAIS »

DEPUTADO BAIANO CRITICA “ENTREGUISMO” DO GOVERNO BOLSONARO E DESTACA NOTÍCIAS SOBRE MILICIANOS

O deputado federal Valmir Assunção. FOTO Gabriela Korrossy

“Aos poucos voltamos ao Brasil colônia com esse governo ‘entreguista’ de Bolsonaro. A entrega da base militar em Alcântara [estado do Maranhão] para os Estados Unidos e o fim da exigência de vistos para norte-americanos, canadenses, japoneses e australianos sem contrapartida ou reciprocidade são alguns exemplos de que o Brasil se ajoelha diante do capital internacional. Enquanto isso, a mídia de diversos países liga a família do presidente aos milicianos presos pelo assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes”.

A fala é do deputado federal Valmir Assunção (PT-BA), que nesta terça-feira (19) voltou a elevar o tom das críticas contra o atual governo federal. Assunção também salienta que desde o início da década de 80, cerca de 150 comunidades quilombolas da cidade litorânea de Alcântara são afetadas pela instalação do Centro de Lançamento (CLA).

O parlamentar baiano diz que o local será utilizado por militares norte-americanos para lançamento de foguetes. Sua preocupação é com a integridade cultural, moral e física dos quilombolas. “Isso envolve a soberania nacional. Mas vamos trabalhar para que o tratado firmado por Bolsonaro com o presidente dos Estados Unidos Donald Trump não seja aprovado pelo Congresso Nacional. Temos receio de que a segurança das pessoas seja comprometida. 312 famílias já foram remanejadas de seus territórios tradicionais, temos de cobrar que as comunidades sejam mantidas em seus locais de origem. Elas têm direitos ao território. Tem que ter, no mínimo, a consulta de propostas que mudem ou alterem o cotidiano delas. Temos que estar atentos, pois sabemos da aversão de Bolsonaro aos quilombolas, isso foi visto durante o período pré-eleitoral”, descreve Valmir.

:: LEIA MAIS »

dom eduardo

arquiteto











WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia