WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia

embasa

prefeitura ilheus

Neste site
auto escola brandao

hot dog bicudo

elohin
março 2021
D S T Q Q S S
« fev    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

:: ‘Brasil’

GUEDES ANUNCIA ANTECIPAÇÃO DE 13º DE BENEFICIÁRIOS DO INSS

Divulgação

Pelo segundo ano consecutivo, os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) receberão o décimo terceiro salário de forma antecipada, disse há pouco o ministro da Economia, Paulo Guedes. Segundo o ministro, a medida só vai ocorrer depois da aprovação do Orçamento Geral da União deste ano.

“O abono salarial já foi antecipado. Agora, assim que aprovar o orçamento, vai ser antecipado o décimo terceiro justamente dos mais frágeis, dos mais idosos, como fizemos da outra vez”, disse o ministro. No ano passado, os beneficiários do INSS tiveram o décimo terceiro antecipado para abril como medida de ajuda à população mais afetada pela pandemia de covid-19. :: LEIA MAIS »

CIDADES QUE DECRETAREM LOCKDOWN TERÃO SUSPENSÃO DA LEI ROUANET, DECIDE GOVERNO

Divulgação

As cidades que decretarem lockdown como forma de evitar os avanços do novo coronavírus vão ficar com a Lei Rouanet suspensa. A decisão foi tomada pelo governo federal e publicada na edição do Diário Oficial desta sexta-feira (05) pela Secretaria Nacional de Fomento e Incentivo à Cultura.

Conforme a decisão, “só serão analisadas propostas culturais” nas cidades e municípios em que não estejam vigor as medidas de restrição de circulação, a exemplo do toque de recolher e do lockdown. De acordo com o decreto, a decisão é válida por 15 dias, podendo ser prorrogada ou suspensa, a depender da manutenção ou não das medidas. :: LEIA MAIS »

TRANSFERÊNCIAS FEDERAIS PARA COMBATE À PANDEMIA NA BA EM 2020 SOMARAM R$ 3,4 BILHÕES

Divulgação

O governo federal transferiu à Bahia, durante o ano de 2020, um total de R$ 3,423 bilhões a título de recursos extras, repassados por meio do pacote proposto pelo Congresso Nacional para compensar as perdas de arrecadação dos estados e apoiar os gastos emergenciais no combate aos efeitos da pandemia. O valor oficial contrasta com o divulgado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que afirmou, no último domingo (28), ter havido repasses que totalizariam R$ 67,2 bilhões.

Mesmo somando outros R$ 581 milhões, que deixaram de ser gastos pela administração estadual em 2020, por conta da suspensão de pagamento da dívida com a União e instituições federais naquele ano, o valor citado pelo presidente da República fica longe de ser alcançado. :: LEIA MAIS »

BRASIL SUPERA MARCA DE 260 MIL MORTES POR CORONAVÍRUS E É O 2º PAÍS COM MAIS ÓBITOS

Divulgação

Brasil registrou 260.970 mortes pelo novo coronavírus nesta quinta-feira (04). Segundo dados do Ministério da Saúde, nas últimas 24 horas, 1.699 pessoas morreram. O país é o segundo do mundo com o maior número de óbitos por causa da doença, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, que registrou 518.567 mortes até o momento.

O número de mortes nas últimas 24 horas é o segundo maior registrado desde o início da pandemia. A pior marca ocorreu na quarta-feira (03), quando 1.910 brasileiros morreram em decorrência da Covid-19. :: LEIA MAIS »

BOLSONARO VOLTA A ATACAR MEDIDAS DE ISOLAMENTO: “CHEGA DE FRESCURA, DE MIMIMI”

FOTO: Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a atacar as medidas de isolamentos para impedir o avanço da pandemia causada pela Covid-19. No momento mais grave da crise sanitária no Brasil, o presidente chegou a classificar como ‘mimimi’ as ações de governantes para conter a disseminação da doença.

“Temos que enfrentar nossos problemas. Chega de frescura, de mimimi, vamos ficar chorando até quando? Respeitar obviamente os mais idosos, aqueles que têm doenças. Mas onde vai parar o Brasil se nós pararmos?”, discursou Bolsonaro durante evento nesta quinta-feira em Goiás. :: LEIA MAIS »

1.726 MORTES POR COVID EM 24 H: BRASIL ATINGE NOVO RECORDE NA PANDEMIA

Brasil registrou recorde de mortes por Covid-19 nesta terça (2)

Uma semana após atingir 250 mil mortes, o Brasil registrou hoje mais duas tristes marcas: o maior número de óbitos de toda a pandemia e a maior média móvel de mortes. Foram 1.726 mortes nas últimas 24 horas, superando assim o recorde anterior de 1.582 óbitos em uma dia, na última quinta-feira (25). O levantamento é do consórcio de veículos de imprensa, com base nos dados fornecidos pelas secretarias estaduais de saúde.

Pelo quarto dia consecutivo, o país apresentou a maior média móvel de mortes desde o início da pandemia no Brasil: 1.274. Desde ontem, o país voltou a ter tendência de aceleração na comparação com 14 dias atrás. Hoje a alta foi de 23%.

:: LEIA MAIS »

VOLTA ÀS AULAS PRESENCIAIS SERÁ COM SEGURANÇA, AFIRMA MINISTRO DA EDUCAÇÃO

Ilustração

O Ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou hoje (2), em entrevista ao programa A Voz do Brasil, que o governo federal planeja metas para o retorno gradual ao ensino presencial, mas que esse retorno não acontecerá a qualquer preço, e sim com critérios e decisões que respeitem a dimensão continental do Brasil e as diferentes condições sanitárias das regiões.

Sobre o calendário do possível retorno, o ministro afirmou que o recrudescimento da pandemia não era esperado, e que datas específicas não podem ser firmadas ainda, tendo em vista a atual situação da pandemia de covid-19. “Nós não temos um prazo. Isso depende muito da situação local. Com o advento da vacinação, teremos condições de retornar, logo logo, com segurança”, afirmou. :: LEIA MAIS »

EM MEIO À ALTA DE CASOS DE COVID-19, PERITOS DO INSS AVALIAM NOVO FECHAMENTO DE AGÊNCIAS

Divulgação

Peritos médicos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) devem ser reunir nesta terça-feira, 2, para discutir a possibilidade de suspender novamente o atendimento presencial nas agências, neste que é considerado o pior momento da pandemia da Covid-19 no Brasil.

A categoria alerta para o risco de contaminação nos postos e defende que seja retomado o trabalho remoto dos servidores. A medida já foi aplicada no período de março a setembro do ano passado. :: LEIA MAIS »

BOLSONARO ZERA PIS E COFINS DO DIESEL E DO GÁS DE COZINHA

Divulgação

O presidente da República editou na noite desta segunda-feira (1º) um decreto e uma medida provisória que zera as alíquotas da contribuição do Programas de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS) e da Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins) incidentes sobre a comercialização e a importação do óleo diesel e do gás liquefeito de petróleo (GLP) de uso residencial. A medida foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União.

Em relação ao diesel, a diminuição terá validade durante os meses de março e abril. Quanto ao GLP, ou gás de cozinha, a medida é permanente. A redução do gás somente se aplica ao GLP destinado ao uso doméstico e embalado em recipientes de até 13 quilos. “As duas medidas buscam amenizar os efeitos da volatilidade de preços e oscilações da taxa de câmbio e das cotações do petróleo no mercado internacional”, informou a Secretaria-Geral da Presidência da República. :: LEIA MAIS »

FEVEREIRO SE TORNA O 2º MÊS MAIS LETAL DA PANDEMIA COM MAIS DE 30 MIL ÓBITOS REGISTRADOS

Divulgação

O mês de fevereiro se tornou o segundo mais letal da pandemia do novo coronavírus no Brasil, com 30.484 mortes registradas. De acordo com informações do consórcio de imprensa, fevereiro só perde para julho do ano passado, que teve 32.812 óbitos.

Na época, o país enfrentava o auge da primeira onda da pandemia e havia registrado, até o momento, a maior média móvel de mortes (1.097, em 25 de julho) e o maior número de mortes em 24 horas (1.554, em 29 de julho). :: LEIA MAIS »

gecole sorvetes





dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia