.

A BAMIN iniciou este mês uma obra às margens da BA-001, conhecida como rodovia Ilhéus-Itacaré, que trará mais segurança aos motoristas e pedestres que circulam na região.  Será construído um novo acesso entre os quilômetros 09 e 10, com curvas menos acentuadas para diminuir os riscos de acidentes, e serão implantados dois pontos de ônibus.

A obra está devidamente licenciada e faz parte da implantação do Porto Sul. Ao final, será construída uma rotatória na BA-001 de acesso ao terminal portuário que oferecerá maior segurança para o fluxo de entrada e saída de veículos. A previsão é que as melhorias estejam 100% prontas na rodovia em maio de 2022. Por enquanto, tem sido executada a supressão vegetal e o resgate de fauna e flora, serviço que será dividido em duas partes: a primeira concluída ainda neste mês de novembro e a segunda entre dezembro deste ano e março de 2022.

.

PROTEÇÃO AMBIENTAL – Para a fase atual das obras na BA-001, a BAMIN preparou uma estrutura de referência para atender as condicionantes ambientais e garantir os cuidados com a fauna, flora e os recursos hídricos. No caso dos animais silvestres, biólogos e veterinários acompanham os trabalhos que começam com o afugentamento prévio na área e, quando necessário, é utilizada a estrutura do Centro de Triagem e Reabilitação de Animais Silvestres (CETRAS), composto por hospital veterinário especializado e recintos de quarentena.

Para proteção da flora, mudas e sementes das espécies nativas são encaminhadas para um viveiro florestal onde são cultivadas até estarem prontas para o plantio em áreas de reflorestamento. Hoje, o viveiro florestal da BAMIN tem capacidade para 40 mil mudas, o que valoriza a preservação, principalmente, das espécies ameaçadas de extinção.

Outra preocupação constante é com os recursos hídricos. Antes do início da obra é executado um mapeamento dos corpos hídricos existentes no traçado. Para aqueles onde não podem ocorrer desvios pelas limitações técnicas do projeto, soluções efetivas estão sendo implementadas a fim de garantir o acesso a água na mesma quantidade e qualidade de antes.