.

Dois mandados de prisão preventiva foram cumpridos na manhã desta quinta-feira (14), em Ilhéus, contra dois integrantes de facções criminosas que atuam na região. Os mandados foram expedidos pelo juiz Gustavo Lyra, da 1ª Vara do Júri da Comarca de Ilhéus, e cumpridos por Policiais Civis do Núcleo de Homicídios da 7ª Coorpin. Os alvos foram, Felipe Santos do Nascimento, vulgo Boladão, e Júnior de Jesus Silva, conhecido como Juninho, ou Japa.

Segundo informações da polícia, no momento do cumprimento do mandado, Felipe estava internado no Hospital Regional Costa do Cacau, vítima de tentativa de homicídio no último dia 11 de outubro, no bairro do Nossa Senhora da Vitória. Ainda de acordo com a polícia, o outro acusado, Júnior de Jesus, já está detido no presídio Ariston Cardoso. Ele é acusado de ser um dos autores de um homicídio ocorrido em 2020, no caminho 27, do bairro Ilhéus II.

A polícia relata que o mandado diz respeito a um homicídio qualificado supostamente cometido pela dupla, ocorrido no dia 14 de julho de 2021, também no Nossa Senhora da Vitória, zona sul de Ilhéus. Na ocasião, eles teriam se aproximado da vítima, e desferidos vários tiros, acertando três, a obrigando a passar por três cirurgias.

Além deste crime, os presos são investigados como autores de outros homicídios, consumados e tentados, ocorridos na cidade de Ilhéus.