.

A mulher que tentou matar envenenado o marido e os três filhos em Ilhéus, presa na última quarta-feira (06), tinha como intenção ficar com a casa da família, e a pensão de dois salários mínimos. Isso constou no depoimento que a acusada, Daniele Reis dos Santos (37 anos), concedeu à polícia. A tentativa de assassinato ocorreu em 2012.

A acusada foi detida na cidade de Sumaré, no interior paulista. Segundo a polícia, ela era procurada desde 2019, e até então não tinha passagens criminais.

A polícia também informou que quando começou os envenenamentos, ela colocava pequenas quantidades na comida do marido e dos três filhos do casal. Acometido pelo efeito do produto, e ainda não informado, o homem foi internado em vários hospitais. A acusada acompanhava a vítima, mas seguia com a mesma prática criminosa.

O caso só veio à tona após Daniele iniciar um novo relacionamento, e deixar de frequentar a unidade de saúde. A partir dali, o marido parou de sofrer com os problemas de saúde, o que despertou a atenção dos médicos. O envenenamento foi descoberto após a realização de exame toxicológico na vítima.

Ainda de acordo com informações da polícia, na mesma época, os filhos também passaram pelos exames, e ficou comprovado que eles também estavam sendo envenenados. Com informações do Bahia Notícias.