WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia

secom bahia

camara ilheus









turkeynet

casa melo

agua mineral gabriela

auto escola brandao

whatsapp ilheus 24hs
setembro 2021
D S T Q Q S S
« ago   out »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

luan carlos music

uniasselvi

achados ilheus

ilheus 24h



HUMOR: O QUE ACONTECERIA SE O TSUNAMI CHEGASSE EM ILHÉUS?

.

A notícia da possibilidade de um tsunami atingir o litoral baiano, causou rebuliço na grande rede, e deixou preocupada a população que reside em alguma localidade situada entre os 1.100 km de extensão da nossa faixa litorânea. A maior do país, valendo ressaltar.

E se a tal onda gigante, causada por uma possível explosão vulcânica nas Ilhas Canárias, litoral africano, atingir de fato a maior faixa litorânea do Nordeste, ou seja a Bahia, estatisticamente, as chances de tal maremoto chegar em Ilhéus – a maior costa do estado – são grandes.

Ficamos imaginando como seria a situação, caso isso acontecesse.

Vindo no embalo, impactante, se destacando entre as marolas que costumam quebrar nas praias ilheenses, o tal tsunami quando chegasse na orla norte, entre o São Miguel e São Domingos, e visse aquele cenário de abandono, concluiria de imediato: “Cheguei atrasado. Não há nada mais ali a ser destruído”. Dito isso, engatou a marcha ré.

Passando pela praia do Malhado, e sentindo o aroma e a textura típicas das suas águas, num mix terrível entre esgoto domiciliar, coliformes fecais, e coisas do gênero, a Onda Gigante também pensou duas vezes. “Não quero que me confundam com qualquer mar de merda desses. Sem falar que, quem é doido de entrar nessa água?”, bradou questionando, antes de sair em busca de outro trecho para despejar sua “fúria tsunamica”.

Parou em frente a praia da Avenida Soares Lopes. Achou perfeita a extensão da faixa de areia. Calculou a destruição possível, e viu aquele imenso local, com belos prédios, em compensação, tomado por mato, com calçamento danificado, sem padronização nenhuma. Uma orla totalmente entregue às traças, e a mercê da permissividade do poder público com a exploração da iniciativa privada no local. Um logradouro que chegou a ser projetado por Burle Marx, e que acabou se transformando num caótico pandemônio urbanístico. Ao constatar tudo isso o tsunami também mudou de ideia e recuou. Mas antes, ligou para o seu primo asteróide: “Cara esse lugar se encaixa perfeitamente com você. Quando puder, dê uma caidinha aqui”.  Os nobres e tradicionais moradores da Soares Lopes ao saberem da notícia, emitiram nota de repúdio, compartilhada no Facebook de Zé Nazal.

Passou pelo Morro de Pernambuco, praia do Miache e adjacências, e viu que a desapropriação das casas ali já foi considerada um nada aprazível tsunami do “progresso”, para as muitas famílias obrigadas a deixar o bairro.  Acenou para a Dona Ponte, que tremia de medo de sofrer sequelas, e seguiu para os Milionários.

Chegando lá percebeu no local um grande potencial para a destruição oceânica. Respirou fundo, tomou coragem, e partiu decidido a desaguar sua tensão. Foi chegando. Se aproximando. Viu salva vidas trabalhando sem muita estrutura. Ouviu suas queixas. Notou também por ali um vendedor de queijo na brasa reclamando da falta de clientes. Percebeu turistas revoltados com os altos preços nas barracas, e do atendimento horrível. Escutou também a murmuração dos donos de barracas, se queixando contra tudo, desde o baixo movimento, à falta de capacitação do garçom em se virar com um gringo que queria saber como se fala peixe frito em inglês. Consternado, o tsunami mais uma vez acabou desistindo. Melhor, desistiu de Ilhéus em definitivo, para a alegria geral.

“Essa cidade já tem problemas demais”, justificou o tsunami entristecido, antes de pegar seu novo rumo e partir em direção a outros paradeiros. Deus queira, para longe daqui!

Por Rans Spectro para a redação do Ilhéus 24H.

3 respostas para “HUMOR: O QUE ACONTECERIA SE O TSUNAMI CHEGASSE EM ILHÉUS?”

  • CadêaGraça? says:

    Mais um alienado que exalta as praias do Sul que fedem a cocô e esqueceu de mencionar as mais lindas e belas praias do norte com águas alcalinas e para onde todos os turistas buscam ir nos verões. Difamar as praias do norte de Ilheus ou a Avenida parece ser mais um movimento para supervalorizar as praias do Sul. Mesmo diante desse movimento, os turistas em sua grande maioria buscam as águas limpas das praias do norte do lado de Itacaré. Quando o Tsuname chegasse na praia do Sul, diria assim: “ Nossa, que cheiro terrível de cocô, que água escura e turva, cadê a água cristalina aqui no Sul ? Meu Frenesi Tsunamico acabou. Broxei. E a paz reinará “

  • Roque says:

    Bom dia,em compensação seria uma ótima desculpa para o poder público para reconstruir oqie não foi culpa do tsunami.

  • Cole rasta says:

    Representou, definiu a cidade. Seria cômico se não fosse trágico.

Deixe seu comentário

casinos online no brasil





dom eduardo

lm mudancas

fale conosco













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia