.

Ilheenses estão deixando de se vacinar, porque não há gente suficiente para que um lote do imunizante seja aberto.

Isso foi o que relatou à nossa Redação uma moradora do Ilhéus 2, zona sul da cidade. Segundo ela, na manhã desta terça-feira (14), no posto de distribuição da vacina do bairro, faltaram quatro pessoas para que o referido lote, contendo 10 doses, pudesse ser aberto.

No aguardo por alguém chegar, a ilheense compartilhou o apelo nas redes sociais. Com a reação das pessoas, foi possível constatar que o problema da baixa procura vem se sucedendo em outras localidades do município, a exemplo do Banco da Vitória.

De acordo com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), depois de abertos, o prazo de validade dos lotes das vacinas muda, a depender da marca. A AstraZeneca, por exemplo, o lote dura até 48 horas, desde que seja armazenado a uma temperatura entre 2°C e 8°C. O lote da Coronavac depois de aberto dura apenas 8 horas. Nesse período o imunizante deve ser mantido numa temperatura entre 2°C a 8°C.

Em Ilhéus a campanha de vacinação contra a Covid-19 está imunizando essa semana pessoas de 17 anos em diante, além da disponibilização da segunda dose. Para receber a a primeira dose a pessoa deve portar CPF, cartão do SUS, comprovante de residência e cartão de vacinação, caso possua. Já para receber a segunda dose é imprescindível a apresentação do CPF, cartão SUS e cartão de vacinação constando a primeira aplicação do imunizante.