Qualquer informação basta entrar em contato com o telefone 73 99151-5467.

O caso da jovem Chaiane Mota Gama (18 anos), pertencente ao povo cigano, desaparecida misteriosamente desde a tarde da última sexta-feira (10), segue ainda sem solução, para o desespero dos familiares e amigos.

O caso ganhou enorme repercussão nas redes sociais, e intrigou os ilheenses pela forma muito estranha em que se deu o desaparecimento da jovem.

Segundo informações dos familiares, Chaiane saiu de casa, no bairro do Iguape, na zona norte, afirmando estar indo assistir a aula do curso em que estava matriculada, na Microlins, localizada nas proximidades da praça JJ Seabra, no Centro de Ilhéus. Depois disso não foi mais vista, e ninguém mais conseguiu entrar em contato.

Imagens de câmeras de segurança instaladas próximo a Microlins, mostram que a jovem saiu do local, seguiu normalmente em direção à Praça, e em seguida deixou de aparecer no vídeo.

Ainda de acordo com as imagens captadas, não foi possível perceber se alguém a interceptou, ou se houve qualquer movimentação atípica.

Segundo informações do site Fábio Roberto Notícias, o aparelho celular de Chaiane está desligado, e as redes sociais, onde era bastante atuante, seguem desatualizadas desde que desapareceu.

O caso está sob investigação da polícia, e maiores informações devem ser reveladas a qualquer momento.

CONTATO – Bastante consternados, familiares e amigos de Chaiane Mota, solicitam que, caso alguém tenha informações a respeito do seu paradeiro, favor entrar em contato através do telefone 73 99151-5467, que também é Whats’App.