.

A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) reabriu inscrições do Projeto E-terapias Psicossociais para o segundo período de 2021 até o dia 14 de setembro. As inscrições para as opções de e-terapias devem ser feitas através do site http://eterapias.uesc.br. Mas também há informações sobre o projeto no Instagram @eterapiasuesc. 

De acordo com a coordenadora do projeto, professora doutora Rozemere Cardoso de Souza, o objetivo é contribuir para reduzir o sofrimento e o estresse decorrentes da pandemia de COVID-19 e promover o bem estar e melhoria da vida aos estudantes, profissionais das redes SUS e SUAS e ao público em geral.

São 13 modalidades de grupos terapêuticos produzidos por moderadores, no modo virtual. A equipe é multidisciplinar, formada por docentes da Universidade Estadual de Santa Cruz e da Universidade de Brasília (UnB), entre outros profissionais, além de discentes da Uesc.

O projeto teve origem a partir dos diálogos entre docentes de saúde mental da Uesc e da UnB, e do anseio dessas pesquisadoras em contribuir com medidas de apoio psicossocial para o enfrentamento da pandemia da COVID-19. O termo e-terapias foi encontrado nos Descritores da Saúde da Biblioteca Virtual à Saúde e que define “aconselhamento conduzido por meio eletrônico ou de outras formas de interação não presencial”.

Nesse sentido, foi adaptado para uso no projeto, a fim de nomear as intervenções terapêuticas que seriam desenvolvidas através das mídias sociais, com enfoque no modelo de atenção psicossocial, em especial, os princípios voltados à valorização de respostas multidisciplinares e singulares aos contextos de vida das pessoas, grupos e comunidade em geral.