Material apreendido.

A 1ª Delegacia Territorial de Ilhéus, com auxílio e apoio logístico da DEAM do município de Ilhéus e da 7ª COORPIN, cumpriu nesta quinta (2) mandado de busca e apreensão em uma residência no Bairro da Conquista.

O ação se deu em desfavor da suspeita de iniciais C.R.R.N., que desde maio de 2018 teria se utilizado de perfis falsos nas redes sociais, Instagram e Facebook, para atacar a honra da vítima de iniciais K.F.A.C., que atua como médica na cidade de Ilhéus. 

Na ação da polícia, foram apreendidos quatro aparelhos celulares e um notebook. Durante pericia nos aparelhos, foram constatados os registros de uso dos perfis falsos utilizados na prática criminosa.

A Polícia Civil informa que segue atenta as novas demandas sociais que surgem com o avanço tecnológico, buscando coibir atitudes como discurso de ódio, agressões e ameaças por meio das redes sociais. Tais ações delituosas podem ser caracterizadas como crime cibernético.