Publicidade oficial da Prefeitura

A Prefeitura Municipal de Ilhéus veio a público informar que através dos órgãos de controle interno e de assessoria jurídica, acompanhou o cumprimento das diligências realizadas pela Polícia Federal na Secretaria de Saúde.

Por meio da operação Nefanda, a Polícia Federal investiga o suposto envolvimento do secretário de saúde de Ilhéus, Geraldo Magela, e de alguns servidores da secretaria, na contratação milionária e com suspeita de superfaturamento de uma empresa para administrar o Hotel Village Enseada do Mamoan, na região norte do município, usado como abrigo para infectados pela COVID 19.

A Operação tem a finalidade de verificar a contratação dos serviços do Abrigo de Campanha, e segundo o município, os documentos que comprovarão a regularidade da prestação dos serviços que foram prestados à população já estão sendo reunidos.

Na manhã desta quarta-feira (11), agentes da Polícia Federal fizeram busca e apreensão em endereços ligados ao secretário Geraldo Magela, Ao todo são nove mandatos expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 1 região que foram cumpridos pela PF.

Segundo a nota da Prefeitura, a devida prestação de contas deste processo já foi tempestivamente disponibilizada pelo município de Ilhéus para a Controladoria Geral da União.