Pauta da reunião foi a gestão de políticas ambientais.

O Consórcio Nordeste, a Embaixada da França e a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), se reuniram, nesta quinta-feira (29), para consolidar a agenda ambiental de cooperação iniciada, há exatos dois anos, com a assinatura de uma carta de intenções entre as entidades. Após a reunião presencial em Recife (PE), o governador Rui Costa e os demais governadores do Nordeste divulgaram uma declaração conjunta destacando as ações desenvolvidas e os próximos eixos de cooperação.

“A reunião teve como objetivo aprofundar nossa cooperação e explorar futuras possibilidades de colaboração. Nesse sentido, após consultas realizadas entre a Embaixada da França, a AFD e as câmaras temáticas do Consórcio Nordeste, cinco temas foram confirmados como prioritários: energia, meio ambiente, água e saneamento, gestão de resíduos e agricultura familiar”, diz o documento.

A declaração elenca os primeiros eixos de cooperação a serem privilegiados para cada um desses temas: “Em matéria de agricultura familiar: o desenvolvimento da agricultura sustentável, das indicações geográficas e do agroturismo e a dinamização econômica dos territórios rurais por meio da sociobiodiversidade, da bioeconomia e do turismo sustentável”.

A integração de políticas ambientais com as de turismo e agricultura familiar; a gestão de parques naturais; e a monetização de ativos ambientais, entre outros itens, integram a pauta relacionada ao meio ambiente. “Em matéria de plataforma de investimentos: as questões relativas às finanças sustentáveis, à monetização de ativos ambientais, com especial foco no reflorestamento e proteção dos biomas da região e à captação de recursos para os projetos integradores e estruturantes da Região Nordeste, como de identificação de projetos promissores de concessões e PPPs”.

Para Rui Costa, “o encontro foi mais uma oportunidade para fortalecer as ações do Consórcio em parceria com a França e, consequentemente, gerar mais desenvolvimento, emprego e renda para o povo baiano e nordestino”. O governador, que foi a Recife após cumprir agenda em Sobradinho (BA), também destacou a importância de aprofundar cooperações com a França em áreas como energia renovável, saneamento básico e de gestão de resíduos.

Além de Rui, participam da reunião, a embaixadora da França no Brasil, Brigitte Collet, os governadores Renan Filho (Alagoas), Camilo Santana (Ceará), João Azevêdo (Paraíba), Paulo Câmara (Pernambuco), Wellington Dias (Piauí), Fátima Bezerra (Rio Grande do Norte), assim como o vice-governador Carlos Brandão (Maranhão). O governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, foi representado pelo superintendente de Parcerias Público Privadas, Oliveira Junior.

Histórico

No dia 29 de julho de 2019, os Estados do Nordeste e a França estabeleceram uma cooperação estreita com a assinatura de uma carta de intenções entre o ministro da Europa e dos Assuntos Exteriores da França, Jean-Yves Le Drian, e os governadores dos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. No fim do mesmo ano, uma delegação do Consórcio Nordeste visitou Paris para fortalecer a cooperação em ações voltadas ao meio ambiente e para cidades sustentáveis.

Um documento foi assinado entre o Ministério da Transição Ecológica e Solidária da República Francesa e o Consórcio, bem como um protocolo de entendimento entre a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) e o Estado do Piauí.