Prefeitura abre cadastro para vacinação de profissionais da rede privada de Saúde

A Prefeitura de Ilhéus informa que está aberto o cadastro para vacinação contra a Covid-19 dos profissionais liberais da Saúde e trabalhadores da área que atuam na rede privada.

Visando agilidade e transparência no processo, a Secretaria de Saúde (Sesau) solicita o preenchimento da planilha em anexo, com os dados dos profissionais que serão vacinados. As informações deverão ser enviadas através do e-mail: vacinacovid.ilheus@outlook.com

Cadastro de profissionais – rede privada de saúde

Estão incluídos nestes grupos:

– Médicos;

– Enfermeiros (técnicos e auxiliares de Enfermagem);

– Cirurgiões dentistas e auxiliares de saúde bucal;

– Nutricionistas, fisioterapeutas, biomédicos e profissionais de educação física;

– Técnicos em laboratórios de análises clínicas; recepcionistas que trabalham em clínicas/consultórios;

– Profissionais de limpeza que trabalham em consultórios e clínicas de saúde;

– Farmacêuticos, psicólogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais e profissionais afins.

A Sesau ressalta que o cadastro só terá validade mediante comprovação das informações nele anexadas. A não comprovação implicará impedimento da pessoa receber a vacina na data e horário agendados. No dia da vacinação, o profissional terá que comprovar, obrigatoriamente, que pertence a uma das categorias listadas e que trabalha ou reside em Ilhéus, apresentando os seguintes documentos: certificado de regularidade profissional ou carteira de trabalho que confirme o vínculo. Para comprovar residência serão aceitas: contas de água, energia, telefone, gás e serviços de internet.

As vagas disponíveis para o agendamento estão limitadas ao número de doses recebidas pelo município. O agendamento será interrompido quando chegar ao limite das vacinas disponíveis, sendo reaberto conforme o recebimento de novas doses. A veracidade das informações e dos documentos apresentados é de responsabilidade do profissional e da instituição emissora da declaração serviço de saúde, que comprova o vínculo empregatício. O profissional está ciente de que a falsidade nas informações implicará nas penalidades cabíveis.