Governador anunciou neste domingo (28) a prorrogação das medidas restritivas.

O governador Rui Costa anunciou neste domingo (28) que, em consenso com demais prefeitos da Bahia, as medidas restritivas que foram anunciadas na última sexta-feira (26), que valeriam até as 5h da manhã de segunda-feira (1), como a suspensão de atividades não-essenciais, serão prorrogadas por mais 48 horas e passam a valer até as 5h de quarta-feira (3).

Neste domingo, a Bahia registrou 90 óbitos e 3.133 casos por coronavírus em 24 horas. Com isso, com 83% de ocupação de leitos de UTI, ficou decidido pelos gestores pela prorrogação das medidas restritivas até a quarta-feira (3), exceto nas regiões Oeste, Norte e Nordeste, onde a ocupação de leitos de UTI é inferior a 80%. Além disso, o toque de recolher continua valendo entre 20h e 5h.

“A situação permanece grave. Hoje temos 85% de ocupação dos leitos de UTI e cerca de 60 pacientes aguardando para regulação. Por conta disso, vamos prorrogar as medidas por mais 48h em Salvador e apenas atividades essenciais poderão funcionar. Nenhuma restrição será suficiente se as pessoas não entenderem a gravidade do momento. Conto com o apoio de vocês”, disse Bruno Reis.

“As medidas contra o coronavírus funcionaram neste fim de semana, mas vamos precisar manter. Nas últimas 24h, foram 90 mortes por Covid-19 na Bahia. Temos 83% de ocupação de leitos de UTI na Bahia e 20,5 mil casos ativos da doença. Neste domingo, em diálogo com prefeitos da capital e do interior do estado, tomamos a decisão conjunta de manter medidas restritivas mais duras na Bahia até 5h de quarta-feira (3), com exceção das regiões Oeste, Norte e Nordeste, onde a ocupação de leitos de UTI é inferior a 80%. O toque de recolher continua valendo entre 20h e 5h”, escreveu o governador.