FOTO: Via @fabiovboas no Twitter

O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, criticou neste domingo (10) a decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em pedir mais documentações ao Instituto Butantan. A autarquia paulista é responsável pela vacina contra a Covid-19 CoronaVac e apresentou na sexta-feira (8) o pedido para uso emergencial do imunizante no país.

“Só estão adiando a inexorável aprovação”, ponderou o secretário em postagem no Twitter. “Uma rápida reflexão bem simples e não menos óbvia: Alguém em sã consciência concebe ou aceitará um resultado que não seja a aprovação das vacinas em “análise” na @anvisa_oficial”.

Na sexta-feira também foi pedido o aval para uso emergencial da vacina da AstraZeneca/Universidade de Oxford, cuja tramitação está mais avançada. O governador de São Paulo, João Doria, também pediu maior rapidez da agência federal. “Ritos da ciência devem ser respeitados, mas devemos lembrar que o Brasil perde cerca de mil vidas/dia para a Covid-19”, arrematou o governador.