Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O vice-líder do governo Bolsonaro, o senador Chico Rodrigues (DEM-RR), teria sido flagrado com dinheiro escondido entre as nádegas durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão pela Polícia Federal em Boa Vista, capital de Roraima, nesta quarta-feira (14). A informação é da revista Crusoé.

Em contato com a publicação, as fontes que atuam no caso confirmaram que dinheiro em espécie havia sido apreendido, mas não detalharam onde as cédulas estavam escondidas. Segundo a reportagem, R$ 30 mil teriam sido encontrados no local.

O senador é suspeito de desviar recursos públicos que deveriam ser utilizados para o combate à pandemia do novo coronavírus. A Operação Desvid-19 investiga um esquema de desvio de cerca de R$ 20 milhões em emendas parlamentares. O dinheiro seria destinado à Secretaria de Saúde de Roraima.

Em nota, o Rodrigues negou qualquer irregularidade e afirmou que teve “o lar invadido por apenas ter feito o seu trabalho”.

“Confio na Justiça, vou provar que não tenho, nem tive nada a ver com qualquer ato ilícito. Não sou executivo, portanto, não sou ordenador de despesas. E como legislativo, sigo fazendo minha parte trazendo recursos para que Roraima se desenvolva. Que a justiça seja feita e que se houver algum culpado que seja punido nos rigores de lei”, completou. [Bahia.Ba]