FOTO: CNN

Dezessete países, entre eles o Brasil, receberão do fundo soberano da Rússia e da farmacêutica russa ChemRar um remédio antiviral contra a Covid-19. O acordo foi anunciado nesta quinta-feira (24).

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, o fundo é responsável pela criação da vacina contra a Covid-19, Sputnik V, e está negociando com um laboratório brasileiro privado, que não foi identificado, para a liberação do remédio, mediante aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O remédio antiviral é o Avifavir, que é o nome comercial do favipiravir, um composto usado desde 2014 no Japão contra a gripe chamado de Avigan.

A Rússia havia iniciado os testes próprios com um genérico do remédio, sob licença japonesa, e aprovou seu uso emergencial em junho, com a distribuição de 60 mil doses em 74 de suas 85 regiões.

Ainda de acordo com a publicação, o Ministério da Saúde da Rússia disse que o remédio não trazia riscos à saúde por já estar em uso. Segundo o órgão, 940 pacientes foram acompanhados. Neles, 30% tiveram o Sars-CoV-2 eliminado do corpo e o restante, reduziu seu tempo de tratamento de sintomas como pneumonia leve de quatro para dois dias. [Bahia.Ba]