Divulgação

O partido Unidade Popular lançou a pré-candidatura de Integrantes do Movimento Reúne Ilhéus para a prefeitura da cidade. A decisão, aprovada durante reunião online do partido, em Junho, foi divulgada nas redes sociais no aniversário de Ilhéus (28 de Junho).

A candidatura tem por princípio as decisões coletivas através de seus membros que são Diana Amazonita, Marcolino Vinicius Vieira, Raiai, Super Choque e Márcio Ramos sendo que todos são jovens negras e negros de periferia e Marcolino Vinicius e Raiai exerceram liderança no Movimento Reúne Ilhéus, conhecido movimento social que iniciou as lutas contra os aumentos de passagem por transporte de qualidade em 2013, 2014 e 2015, além de formar grêmios e lideranças estudantis nesses anos.

Em nota à imprensa, Marcolino afirmou que a pré-candidatura a prefeitura é popular e anticoronelista. “Nossa pré-candidatura não é só para disputar cargos e poder, mas também para colocar o programa da Unidade Popular nas redes e nas ruas”, afirmou. O partido Unidade Popular pelo Socialismo foi fundado em 2016 e teve seu registro eleitoral aprovado em 2019.

 Entre os eixos do partido estão moradia digna, creche para crianças, investimento em educação e saúde pública, estatização do transporte e tarifa zero, bem como redução salarial para prefeito e vereadores. “Retirar Ilhéus do século dezenove e levar nossa cidade a ser comandada pelo poder popular e não mais o poder coronelista ainda impregnado nas relações políticas e públicas. Somos nós a juventude negra que damos início a essa rebelião preta, feminista, socialista, afrocentrada pelo fim do coronelismo que perdura no território de ilhéus.” exclama Marcolino Vinicius Vieira.

Confira na íntegra o documento “Carta ao Povo Ilheense” publicado pelo partido Unidade Popular em Ilhéus no link http://bit.ly/cartapovoilheense