WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
ponte pontal ilheus Neste site
agosto 2020
D S T Q Q S S
« jul   set »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

:: 8/ago/2020 . 1:38

PREFEITOS QUEREM FLEXIBILIZAR PAGAMENTO MÍNIMO DA EDUCAÇÃO EM 2020

Divulgação

A Frente Nacional de Prefeitos (FNP) apresentou hoje (7) ao ministro da Economia, Paulo Guedes, uma pauta de reivindicações que inclui a possibilidade de flexibilização na aplicação do mínimo constitucional em educação em 2020. Pela Constituição Federal, estados e municípios devem investir, no mínimo, 25% das receitas provenientes de impostos e transferências a cada ano no setor. Como a crise econômica decorrente da pandemia de covid-19 derrubou a arrecadação tributária, os gestores municipais alegam dificuldades para cumprir com os pagamentos. 

“Defendemos uma legislação, de forma excepcional, que considere os gastos em educação tudo aquilo que foi empenhado, e não somente o que foi pago, como a lei determina”, disse o prefeito de Teresina (PI), Firmino Filho, vice-presidente da FNP, em entrevista a jornalistas após a reunião com o ministro. “A gente não quer que os municípios deixem de investir [em educação]. Aquilo que for empenhado em 2020 vai ser cumprido no exercício financeiro dos anos seguintes, incluídos em restos a pagar”. :: LEIA MAIS »

RICARDO ELETRO FECHA TODAS AS LOJAS E PEDE RECUPERAÇÃO JUDICIAL

Dívidas da empresa somam R$ 4 bilhões.

A Máquina de Vendas, empresa dona da marca Ricardo Eletro, pediu recuperação judicial na 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais da Comarca de São Paulo nesta sexta-feira, 7. Com isso, todas as lojas da rede também serão fechadas.

Além da Ricardo Eletro, a empresa também detém as marcas Lojas Salfer, CityLar, Lojas Insinuante e Eletroshopping no segmento de eletrônicos e eletrodomésticos. A holding Máquina de Vendas é a terceira maior do Brasil no ramo de eletrodomésticos. :: LEIA MAIS »

FERNANDO GOMES DECLARA QUE VAI RECORRER DE DECISÃO QUE EXTINGUIU SEU MANDATO

Divulgação

Por meio da assessoria de imprensa, o prefeito de Itabuna Fernando Gomes disse que vai recorrer da decisão divulgada nesta sexta-feira (08) que extinguia o seu mandato.

A extinção do mandato, segundo a decisão, seria uma consequência da perda de direitos políticos por parte de Fernando Gomes, pelo prazo de três anos a partir de 11 de novembro de 2019, quando o prefeito foi condenado em última instância por improbidade administrativa. :: LEIA MAIS »



dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia