Divulgação

O cancelamento do ano letivo está descartado na Bahia, segundo o governador do estado, Rui Costa. Em conversa virtual com jornalistas do Recôncavo Baiano e do Baixo Sul, nesta quinta-feira (28), Rui Costa afirmou que, provavelmente, as aulas perdidas no período da pandemia devem ser repostas até o próximo ano.

As aulas das redes estadual e particular de ensino estão suspensas desde o dia 19 de março, conforme decreto do governo da Bahia. A medida tem o objetivo de evitar aglomerações e diminuir a circulação de pessoas, para conter a disseminação da Covid-19.

Durante a entrevista desta quinta, Rui Costa levantou a possibilidade de realização de mutirões na educação para reposição das aulas e destacou que os estudantes seriam prejudicados em caso de cancelamento do ano letivo.

“Iremos fazer um grande mutirão pela educação para superar esse período, com aulas extras, em turnos opostos e nos finais de semana. Será um ano atípico, mas não podemos prejudicar o ciclo escolar de nossos milhares de jovens e crianças”, concluiu.

De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), na noite da última quarta-feira (27), a Bahia tem mais de 15 mil casos do novo coronavírus. Mais de 530 pessoas morreram em decorrência da Covid-19. (G1)