Prefeitura de Ilhéus realiza campanha contra Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Dezoito de maio é o Dia Nacional de Combate contra o Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Durante este Maio Laranja, a Prefeitura de Ilhéus por meio da secretaria de Desenvolvimento Social (SDS) e o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas/Paefi) estão realizando uma campanha virtual de sensibilização e informação contra esses crimes.

O objetivo é  mobilizar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes, por meio da conscientização no enfrentamento à violência sexual. 

O titular da SDS, Rubenilton Silva, ressalta que essa luta é de todos. “A sociedade como um todo deve se mobilizar nessa campanha do Maio Laranja. Assim como no caso da violência contra as mulheres, o lar também pode ser um local inseguro para crianças e adolescentes vítimas de abusos. Isso porque, conforme dados do Disque 100, mais de 70% dos casos são praticados por familiares. Por isso, no período de isolamento social vivido devido à pandemia a atenção deve ser redobrada”, salientou.

Toda criança e adolescente tem direito ao desenvolvimento de sua sexualidade de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual. Denuncie! Disque 100, procure o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) ou o Centro de Referência da Assistência Social (Cras) e busque apoio para as vítimas.

Maio Laranja – É dedicado à realização de atividades de prevenção contra Abuso e Exploração de Crianças e Adolescentes. O dia 18 foi escolhido porque, em 18 de maio de 1973, em Vitória, no Espírito Santo, um crime, conhecido como Caso Araceli, chocou o país pela brutalidade. Araceli era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade que foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta. O crime permanece impune até hoje.