Divulgação

O Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, abre nesta terça-feira (12), mais dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em sua ala Covid-19, local exclusivo para tratamento de pacientes infectados pelo novo coronavírus. Na semana passada, o hospital inaugurou dez leitos de UTI e 18 de enfermaria.

A partir desta semana o HRCC já terá em operação 20 leitos de UTI e 18 de enfermaria, totalizando 38 leitos hospitalares para atendimento. Em breve, a unidade Covid-19 disponibilizará mais dez leitos de UTI, de acordo com demanda, organização de estrutura e equipe, completando o total de 30 leitos de UTI e 18 de enfermaria.

Além disso, os profissionais da unidade Covid-19 já receberam treinamentos específicos de atuação na assistência e no fluxo de entrada e saída da ala exclusiva, com a disponibilização de banheiros para troca de vestimentas, colocação e retirada de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e o túnel de desinfecção, que diminui o risco de contaminação na troca de roupas.

Segundo relatório oficial da Vigilância em Saúde Frente a Pandemia da Covid-19, após visita técnica, no último dia 29, foi verificado que há disponível na unidade hospitalar  equipamentos de proteção individual na unidade, inclusive em estoque. Esse documento, após fiscalização realizada, foi  enviado à direção do HRCC, onde foi relatado que:  “o hospital encontra-se com todos os materiais de EPI’S em estoque e foi visualizado que todos os colaboradores estão fazendo uso destes equipamentos de proteção”.

De acordo com o médico Almir Gonçalves, diretor assistencial do HRCC, a unidade está empenhada em cumprir as determinações da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) e do governo estadual. “Nós estamos alinhados aos esforços do governador Rui Costa e do secretário Fábio Vilas-Boas em dar suporte para os pacientes acometidos pela Covid-19, que necessitem de atendimento”, destacou. 

Almir Gonçalves garante  que a equipe assistencial da Unidade Covid-19 do HRCC realiza um trabalho dedicado no atendimento aos pacientes. “Temos uma equipe multiprofissional  competente, com experiência, comprometidos em salvar vidas e enfrentar com vigor a doença causada pela pandemia do novo coronavírus. Esses colaboradores têm o nosso respeito e admiração, em um momento tão adverso”, concluiu.