Divulgação

Mais da metade dos estados brasileiros têm anunciado durante a última semana o endurecimento de algumas restrições quanto as medidas de isolamento social como forma de conter ainda mais o avanço do coronavírus no mês de maio. Apenas nove unidades federativas ainda não se pronunciaram sobre o assunto, conforme levantamento feito pelo site G1.

Ao todo, 16 estados brasileiros tomaram alguma medida referente a ampliação da quarentena, são eles: Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Pará, Paraíba , Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia , Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

Além desses, a Região Metropolitana de São Luis, no Maranhão, acionou alerta máximo e foi o primeiro local e anunciar estado de lockdown (bloqueio total). O decreto tem duração de dez dias e passa a ser válido a partir da próxima terça-feira, 5.

Na Bahia, o governador Rui Costa (PT-BA) prorrogou até o dia 18 de maio a suspensão das aulas na rede estadual. A mesma medida ainda proibiu a realização de eventos que possuam aglomeração superior a 50 pessoas. O decreto foi publicado na sexta-feira, 1º, em Diário Oficial.

Os estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Piauí, Rio Grande do Sul, Roraima e Tocantins ainda não divulgaram se irão estender ou flexibilizar o tempo de isolamento.