Feirantes protestam contra interdição da Feira do Malhado.

Conforme decisão do governo do estado, a Central de Abastecimento do Malhado foi interditada na manhã deste sábado (2). A medida não foi vista com bons olhos por grande parte dos feirantes, que realizaram um protesto aos gritos de “queremos trabalhar”. A PM acompanhou de perto as movimentações e trabalha para conter a revolta dos feirantes.

O decreto foi anunciado na última sexta-feira (1) pelo Secretário de Saúde do Estado, Fabio Villas-Boas, e pegou a prefeitura de surpresa. Ainda ontem, a prefeitura afirmou que uma ação para a readequação do espaço está sendo organizada, incluindo o cadastro dos feirantes e organização das barracas. Somente após este processo é que a Central de Abastecimento será reaberta. Confira o vídeo abaixo.