Túneis serão utilizados em hospitais de Ilhéus e Itabuna

Túneis de desinfecção foram encaminhados para os hospitais Costa do Cacau e Calixto Midlej Filho, em Ilhéus e Itabuna, cidades do sul da Bahia. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (1°), pelo governador Rui Costa, através das redes sociais.

De acordo com o governador, o equipamento, produzido pelo Senai Cimatec, ajuda a reduzir a possibilidade de contaminação dos profissionais de saúde que atuam no combate ao novo coronavírus.

O túnel, já em uso também no Hospital Espanhol e no Instituto Couto Maia, ambos em Salvador, é feito basicamente de uma estrutura de alumínio que forma um corredor de 2,5 metros e conta com uma tubulação de PVC que pulveriza hipoclorito de sódio (água sanitária). Ao entrar no túnel, o profissional consegue fazer a desinfecção em torno de 10 segundos.

Túnel de descontaminação

Segundo informações do diretor de operações do Senai Cimatec, Luís Alberto Breda, é possível montar um túnel em um dia e o projeto experimental tem alto poder de descontaminação.

O túnel tem custo médio de R$ 10 mil e a equipe do Senai Cimatec está tentando aperfeiçoar o projeto para que seja feita com materiais mais baratos. A ideia é aumentar a escala de produção e conseguir levar para diversas unidades hospitalares, pois já há demandas de unidades de saúde pelo equipamento. A instalação em espaços como shoppings, academias e estações de metrô está sendo avaliada. (G1)