Divulgação

Diante da pandemia ocasionada pelo Coronavírus e da possibilidade de confirmação de novos casos da doença em Ilhéus e cidades circunvizinhas, a reativação do hospital Geral Luís Viana Filho voltou a estar em pauta.

Em requerimento direcionado ao governador do Estado, Rui Costa; ao secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas e ao prefeito Mário Alexandre, o vereador Ivo Evangelista (Republicanos) solicitou que a unidade, que se encontra desativada desde 2017, sirva de ponto de atendimento para os casos suspeitos de Covid-19.

“A ideia é aproveitar parte da estrutura do antigo hospital para servir de referência de atendimento e de triagem exclusivamente para as pessoas que apresentem os sintomas da doença. Esperamos dessa forma que a população se sinta mais segura e tenha um local adequado para receber os primeiros cuidados e as devidas orientações”, explicou Ivo.

Para Ivo, por se tratar de uma unidade de urgência e emergência, que conta com leitos de UTI, pediatria, “o local poderia dar suporte ainda às pessoas que, em caso de apresentarem os sintomas mais graves da doença, ou em caso de testar positivo para o Covid-19, e não terem como ficarem isoladas em suas residências possam ficar em isolamento de forma correta e acompanhada por uma equipe de saúde”.