Divulgação

A Bahia apreendeu em 2019 cerca de 850 armas de fogo a mais do que o número total de armas registradas no estado. Segundo o Serviço de Informação ao Cidadão da Diretoria Executiva Polícia Federal, a Bahia possui, atualmente, 339 portes de armas e 3.252 registros ativos. Os dados foram obtidos através da Lei de Acesso à Informação.

Porém, o número de armas apreendidas na Bahia apenas em 2019 supera o de registros. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), no ano passado a polícia conseguiu tirar das ruas 4.109 armamentos usados de forma ilegal.

Em 2018, esse número havia sido ainda maior: 4.687. Apenas no mês de janeiro de 2020 foram apreendeu 267 armas de fogo. Em média, os agentes de segurança apreenderam 12 armas de fogo por dia nos últimos dois anos.

FACILIDADE NO ACESSO?

Após o primeiro decreto que facilita o porte de armas, de maio de 2019, o presidente Jair Bolsonaro assinou oito edições de decretos sobre a medida. Ainda assim, isso não significa que todos que têm interesse em manter um armamento conseguiram esse direito.

Desde a assinatura do decreto, em maio de 2019, até janeiro deste ano, a Polícia Federal negou 80% das solicitações feitas na Bahia. Foram 324 pedidos de porte, mas apenas 65 concedidos. (Bahia Noticias)