Violência está assustando os moradores do Salobrinho

Moradores do bairro do Salobrinho estão vivendo um verdadeiro filme de terror provocado pela alta da criminalidade no local. Ao longo das últimas semanas, vários relatos contendo casos de assaltos e invasão a residências foram expostos em redes sociais .

Segundo informações, a onda de criminalidade cresceu nas últimas semanas, após o módulo policial que funcionava no bairro ser desativado. Com o efetivo curto, a polícia não consegue resolver o problema no bairro e os registros só aumentam. Estudantes da UESC também relatam ter medo de trafegar nas proximidades da instituição, muito por conta dos constantes assaltos. Alguns horários do transporte coletivo também foram reduzidos por conta dos roubos aos veículos.

Alguns relatos

“Queria “notificar” que o bairro de Salobrinho tem sofrido muito ultimamente. Assaltos constantes. Recentemente até um rapaz foi baleado. Acerto de contas, talvez. É uma vergonha. População segue com medo. Especialmente a universitária que vive transitando na rodovia (onde aconteceram a maior parte dos assaltos)” comentou uma leitora em nossas redes sociais.

Outro relato fala sobre a ação de um indivíduo armado com facão que tentava invadir uma casa nas imediações da Rua Santa Helena: “na madrugada da última sexta por volta de 4h da manhã, tinha um homem em cima do telhado daqui de casa com uma faca na mão”, relatou outro leitor.

Em dezembro de 2019, um grupo de criminosos chegou a ser preso após realizar um arrastão em frente ao condomínio universitário (relembre aqui).