Prédio está abandonado e pessoas já chegaram a invadir o local

Moradores do Jardim Atlântico III realizaram inúmeras reclamações acerca do abandono do prédio, que em outros tempos servia de alojamento para os magistrados que atuavam na cidade. O imóvel fica situado na Rua Dina Góes, no Jd. Atlântico III e já apresenta estado precário de conservação.

Segundo informações de moradores, o matagal não recebe uma roçagem a algum tempo e pessoas já chegaram a invadir o prédio. Algumas das vidraças do local foram quebradas ou roubadas. Ainda há o medo de que o imóvel seja utilizado de esconderijo para criminosos. 

Segundo informações do “O Tabuleiro”, o imóvel seria permutado com a APAE de Ilhéus, o que não aconteceu. O prédio seria reformado pelo TJ-BA ou governo do Estado e entregue a Associação de pais e amigos dos excepcionais que, como contrapartida,  cederia um terreno no mesmo bairro, onde seria construído o novo fórum da cidade.