Divulgação

Foi aprovada na sessão da terça-feira (10) por unanimidade, a criação da Comissão Especial de Inquérito (CEI), que irá investigar as vistorias dos ônibus do transporte coletivo de Ilhéus. A proposta de criação da CEI é de autoria do vereador Makrisi Sá. Para Makrisi, “os vereadores deram um importante passo no sentido de defender os interesses da população conforme já consta no contrato das empresas e regras do Código Brasileiro de Trânsito”.

Em sua justificativa, o requerimento mostra a falta de respostas do gabinete do prefeito e dos setores responsáveis pelo trânsito acerca dos pedidos de esclarecimentos sobre as vistorias de 2017, 2018 e 2019. O vereador Makrisi buscou informações com a Prefeitura sobre as infrações contratuais, utilização de veículo pelos agentes de trânsito que, segundo ele, é pago pela associação das empresas de ônibus e as frequentes notícias de veículos quebrados na área urbana e rural e não obteve respostas.

A CEI será instalada em fevereiro, no retorno do recesso legislativo. “As provas e evidências de irregularidades são suficientes para que haja um posicionamento firme da Câmara na busca pela qualidade e segurança das pessoas que dependem do transporte público. A Constituição garante o transporte como Direito Social, não podemos aceitar o descaso do serviço em Ilhéus e a omissão do prefeito e de sua equipe” afirmou Makrisi.