Divulgação

Integrar ações da proposta “Construindo ações através do caminho”. Objetivo principal que levou a Prefeitura, por meio da Superintendência de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio, ao distrito de Sambaituba e ao bairro Nossa Senhora da Vitória, na última semana. A iniciativa contou com a parceria do Banco do Nordeste, e nos CRAS Norte e Sul, interessados receberam orientações sobre a melhor maneira de formalizar o seu negócio.

Os autônomos aprenderam as variadas ações de fomento ao empreendedorismo, além de conferir informações sobre empréstimos e financiamentos. De acordo com o chefe da Sala do Empreendedor e agente de Desenvolvimento, Camila Moreira, além da formalização dos microempreendedores individuais, aqueles que já são formalizados receberam orientações sobre seus negócios.

Oportunidade para os que sonham em ter o próprio negócio, esclarecimento sobre a importância da formalização de um Microempreendedor Individual. As vantagens da regularização das atividades a nível tributário, previdenciário e administrativo foram abordadas ainda no encontro. Também, uma exposição sobre o Crediamigo, programa de microcrédito solidário e produtivo, oferecido de forma facilitada pelo Banco do Nordeste aos microempreendedores.

Os microempreendedores contaram com orientação financeira para a melhor aplicação dos seus recursos e o sucesso como resultado. A Sala do Empreendedor é um espaço físico situado na Prefeitura, em parceria com o SEBRAE. A unidade foi instalada com o objetivo de facilitar a relação entre os cidadãos empreendedores e a Administração Pública, de modo a viabilizar, de forma menos burocrática, o registro e licenciamento de microempresas.