Foto: Esporte mundo.

A Federação Baiana de Triathlon (Febatri) comemora o sucesso do retorno à cidade de Ilhéus no último domingo (06), quando aconteceu a III Etapa do Campeonato Baiano, das provas de Triathlon Sprint e Aquathlon Sprint. As duas provas foram de fundamental importância para quem estava em busca de pontos para o ranking de 2019.O evento – que recebeu 127 atletas de diversas cidades baianas e reuniu um público de aproximadamente 2 mil pessoas – contou com a co-organização da AstriSul (Associação dos Triatletas do Sul da Bahia), e o apoio da Prefeitura Municipal de Ilhéus, Corpo de Bombeiros, Marinha do Brasil, Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Incorporadora Preamar, Faculdade Madre Thaís, Tito Tabosa Pneus, Ofertão das Peças, LAP Laboratório, OAS Construtora, Resporte Camisetas e Rocket Digital. “O evento de 2019 é um novo marco para o triathlon em Ilhéus, cidade berço do esporte no âmbito nacional, fundadora da Confederação Brasileira de Triathlon. Iremos garantir pelo menos uma vez por ano a realização de uma prova, e esperamos em breve sediar etapas de maior vulto. Como atleta e dirigente, sou entusiasta e visualizo excelente perspectiva para o Triathlon Baiano, principalmente pela qualidade da nova diretoria da Federação Baiana.” Igor Costa, Presidente da AstriSul.

A Febatri acaba de divulgar os resultados convalidados das provas nesta segunda (07). Os destaques na categoria “Triathlon Sprint” foram Lucas Souza (Jequié), Pedro Fernandes (Feira de Santana), Thor Nogueirol (Salvador), Lucas Galdino (Lauro de Freitas) e Ricardo Vieira (Salvador), no masculino; e Bárbara Santos (Salvador), Manuela Lereno (Salvador), Márcia Lima (Feira de Santana), Iuska Sampaio (Jequié) e Cristiane de Carvalho, no feminino. No “Aquathlon Sprint”, Gabriel Brandão (Salvador), Helenilton Gonçalves (Salvador), Hugo Dias (Salvador), Iulo Franz (Salvador) e José Bonifácio (Ilhéus), no masculino; e Manuela Lereno (Salvador), Ingred Neves (Poções), Sandra Midlej (Salvador), Bárbara Perez (Salvador e Juliana Sampaio (Salvador), no feminino.

A Federação celebra com muita alegria esse retorno a Ilhéus, que já foi a primeira sede da Febatri e da Confederação Brasileira de Triathlon (Cbtri) no passado. “Foi uma prova linda, emocionante e saudosista. A Febatri ficou muito satisfeita pelos resultados e, acima de tudo, por ter conseguido atrair um grande público paraa cidade”, comenta Cleber Castro, Presidente da Federação.