A Central de Regulação de Ilhéus, setor vinculado à Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), informa que o não comparecimento aos exames agendados ainda continua causando transtornos e prejuízos. O setor lembra que em virtude da ausência há uma perda expressiva de recursos públicos direcionados ao atendimento da população.

Na última quarta-feira (2) a Unidade Básica de Saúde (UBS) Sarah Kubitschek agendou 15 exames de ultrassonografia de abdômen total, contudo, apenas oito pacientes compareceram. Gerson Pelegrine de Brito Junior, clínico geral, explicou que além do prejuízo financeiro, a vaga é desperdiçada, uma vez que a Sesau não possui tempo hábil para incluir outro paciente no agendamento do dia.

“Essa ausência prejudica a oferta dos serviços, porque outras pessoas que também necessitam do procedimento poderiam ter sido chamadas. Estamos aqui para prestar atendimento de forma efetiva e de qualidade e esperamos que a população entenda e compareça no dia e horário previamente agendados”, enfatizou Pelegrine.

Câncer de mama – O médico disse que os exames de abdômen total, transvaginal e mamografia são algumas das maiores demandas. Ele lembra que o mês de outubro é voltado à campanha para o combate do câncer de mama e aproveitando a ocasião solicita às mulheres que façam o autoexame e fiquem atentas a possíveis alterações.

O autoexame ajuda a prevenir e diagnosticar precocemente a doença. A marcação é feita diretamente na Central de Regulação do município. O exame é realizado às quartas-feiras, às 13h30min, na unidade de saúde Sarah Kubitschek, na Policlínica Municipal e no posto de saúde do Hernani Sá.