Semana dedicada a segurança no trânsito tem ações voltadas à vida. FOTO: SECOM/Clodoaldo Ribeiro

Finalizando a Semana Nacional do Trânsito, a Superintendência de Transporte, Trânsito e Mobilidade (Sutram) da Prefeitura de Ilhéus montou uma minicidade do trânsito, na quadra do Ginásio de Esportes Herval Soledade, na manhã de segunda-feira (23). O objetivo é proporcionar às crianças uma vivência efetiva do seu papel enquanto condutores e pedestres, em respeito às normas e às regras estabelecidas. Após as atividades, a diversão foi garantida com pipoca, algodão doce, piscina de bolinhas e pula-pula.

De acordo com o titular da Sutram, Gilson Nascimento houve uma redução dos índices de acidentes no município, contudo, o número de ocorrências ainda é considerável. Ele destaca a importância de ações educativas no trânsito, em especial ações voltadas ao público infantil.

“As crianças são os nossos agentes mirins. Elas possuem facilidade para captar e guardar as informações transmitidas. Montamos a minicidade para falar sobre a conscientização, porque entendemos que não adianta apenas investir em sinalização, melhoramento das vias e em grandes obras de engenharia. É preciso que busquemos a mudança de consciência e a reforma dos nossos condutores, para que eles possam respeitar o direito de ir e vir de todos os envolvidos”, enfatizou.

A pequena Maria Flor, de cinco anos, é uma das estudantes da Escola Municipal Pequeno Príncipe, no bairro da Conquista, que também participou das atividades práticas. “Eu aprendi que no trânsito, quando o sinal fica vermelho, você precisa parar, quando fica amarelo, precisa ter atenção e quando está verde você pode passar. Eu ajudo os meus pais a dirigirem quando estou com eles. No vermelho, quando os carros estão parados o pedestre pode passar”, contou.

Magno Maciel das Neves, diretor do Colégio Estadual Indígena Tupinambá Amotara, em Olivença, enfatiza a importância da campanha na instrução das crianças.

“Apesar de morar dentro de uma comunidade indígena, estamos próximos a uma rodovia e vivenciamos diariamente situações de infrações e de desrespeito às leis. Diante dessa realidade, nós percebemos a importância de trazer as nossas crianças para o evento, a fim de que elas obtenham mais conhecimentos. É um momento lúdico para elas. Sair da sala de aula e vivenciar a prática no dia a dia”, ressaltou.

De acordo com Albervan Barreto, chefe da divisão de Educação e Estatística da Sutram, a culminância do projeto envolveu mais de 1.600 crianças. No último dia da programação quatro escolas e aproximadamente 410 crianças participaram das atividades. No total, 21 escolas, das zonas urbana e rural participaram da Semana Nacional do Trânsito, cuja temática abordada foi “No trânsito, o sentido é a vida”.