WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
bahiagas Neste site
agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul   set »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031



DENÚNCIA: OBRA NA SAPETINGA DESPEJA ENTULHOS NA BEIRA DO RIO

Obra têm despejado entulhos na beira do rio na Sapetinga.

Uma denúncia enviada para a nossa redação, aponta que uma obra nas imediações da Rua 7, na Sapetinga, estaria despejando de maneira irregular os entulhos na beira do rio. A ação pode ser caracterizada como crime ambiental, previsto na Lei 9.605/98

Segundo a leitora, ela mesma já teria feito inúmeras reclamações, mas a ação têm sido autorizada pelo Sr Jorge Farias, presidente da associação de moradores do local. Ainda segundo a denúncia, uma queixa já teria sido registrada com a polícia ambiental e o órgão estaria se mobilizando para analisar a situação.. No vídeo abaixo é possível ver o  momento que Jorge Farias, de branco, autoriza o pedreiro a despejar o entulho na beira do rio.

Atualização: Sr. Jorge Fárias, presidente da associação de moradores do local, entrou em contato com a redação do Ilhéus 24h para enviar o direito de resposta. Estamos no aguardo.

12 respostas para “DENÚNCIA: OBRA NA SAPETINGA DESPEJA ENTULHOS NA BEIRA DO RIO”

  • CORREIA says:

    A atitude da moradora foi a forma mais conveniente encontrada para tentar denegrir a imagem do Presidente da AMSA, talvez pelo mesmo não atender a sua solicitação da retirada de um banco que compõe o projeto da empresa que revitalizou toda a orla do Conjunto Habitacional da Sapetinga, que esta fixada na quadra próxima a sua residência, sob a alegação de que os jovens provocam muito barulhos tirando a sua tranquilidade. Vale ressaltar que toda a orla foi recomposta durante todos esses anos de existência por entulhos provenientes de obras realizadas pelos moradores em suas residências, com isso tem sido contido o avanço da maré. A nossa comunidade tem na figura do Presidente um líder comunitário abnegado no zelo pela Sapetinga.

    • teresa says:

      Caro Sr. Correia

      Devemos falar do que sabemos sem antes tirar conclusões,muitas vezes de forma incorreta, como está sendo o caso do senhor. Que me lembre o sr. não me procurou para saber o outro lado da história.
      Estou à disposição.
      Atenciosamente

    • Teresa says:

      Caro Sr

      Quanto ao banco no meu muro
      (palavras suas…denegrir a imagem do Presidente da AMSA, talvez pelo mesmo não atender a sua solicitação da retirada de um banco que compõe o projeto da empresa que revitalizou toda a orla do Conjunto Habitacional da Sapetinga, que esta fixada na quadra próxima a sua residência, sob a alegação de que os jovens provocam muito barulhos tirando a sua tranquilidade.)

      Se me conhecesse não falaria tamanho disparate! Pedi sim com toda a educação e explanação, a retirada do banco da “minha” esquina. Quando da obra (e, não eh culpa do sr.Jorge Farias porque creio que nessa epoca nem aqui morava), nós moradores não fomos consultados e, a obra foi surgindo e sendo feita…e as coisas passando até que me deparo com o banco junto do meu muro. Foi falta de sensibilidade do/a arquitecta responsável pela obra. Tem 3 esquinas que estão com esse problema, pq os bancos foram colocados aos nossos muros/ quintais, tirando toda a nossa privacidade. Esses bancos, se tivesse havido bom senso do responsável pela obra, jamais seriam colocados junto às casas. Um coisa eh o senhor ter um banco a 20m do seu muro, outra é a 2,3 metros.

      Uma vez que a Prefeitura há cerca de um ano, quebrou um dos bancos da frente da rua 7, conversei com o atual presidente e fiz-lhe ver esse problema. Sugeri (repare …. SUGERI), que então tirasse o banco daqui da porta e colocasse na falha do outro. e, o Sr, Jorge concordou. Porém, nunca o fez. Entretanto ha mais de 1 mes que o outro banco da frente, beira rio, estava solto e foi retirado; até hoje não foi colocado no lugar!

      O senhor não está na minha pele. Tudo o que aqui acontece é nesta esquina, a qualquer hora do dia ou da noite. Se quiser detalhes, pode procurar-me. O senhor gostaria de morar num local, que todos ouvissem o que se passa na sua casa e, também ter q escutar tudo o que falam na rua? Eu, não! Não nasci para saber da vida dos outros. Quando chego do trabalho quero descanso!

      Tem uns 20 bAncos pela Sapetinga mas, noite e madrugada adentro só vm para este. Falam alto, Páram carros com som alto e,muito mais coisas.

      Estou à disposição se quiser saber detalhes!

  • Anonimo says:

    Cadê os falsos moralistas da sapetinga????? Sr. Zé Carlos Jr, um tal Heraldinho tirado a maluco e cia!!!!! Não vão fazer nada??????

  • CORREIA says:

    A autora da denúncia quando decidiu por conta própria cortar as árvores de uma das quadras existentes na orla sem consultar a Associação e provavelmente sem autorização do órgão competente, talvez a mesma estivesse acreditando que estava realizando uma boa ação para a comunidade. Ficando o ônus do custo da retirada do entulho por conta das contribuições dos moradores que durante todos esses anos de existência da Associação e através da Associação é que de fato cuida da limpeza da Sapetinga.

    • Teresa says:

      Caro senhor

      Por acaso sabe o que estava ocorrendo por aqui?
      Além do mais podas são necessárias. M.Aparecida e eu podamos, não derrubamos…
      Vinha sendo pedido à Associação desde janeiro que a poda fosse efetuada, sentei com o presidente, mostrei, expliquei; inclusive o bicho do passarinho estava tomando conta, muros rachados das nossas casas, esconderijo para inúmeras coisas indevidas + lixão e benheiro público.

      Em relação à contribuição, contribuo ha 26 anos com a Associação. Parei de contribuir um ano, no mandato anterior, exactamente por não atenderem a pedido urgente duma poda, que quase matou uma criança. Paguei pela poda o equivalente a quase 4 anos de contribuição, na época.

      Sou uma moradora consciente e muito mais atenta cuidadosa com o bem publico, do que com meu umbigo. Cuido, planto, podo,adubo, cuido da invasão dos caramujos (m.aaaparecida e eu) basta o senhor olhar aqui e, nunca deixei de pagar a associação mesmo fazendo tudo do meu bolso.

      Deixei de pagar a Associação em espécie desde abril deste ano, por mais uma vez não ser atendida, quando peço algo e, importante. Considero pago ate novembro pq desta vez peguei o recibo.

      O entulho não teve custo para a Associação porque foi retirado pela Prefeitura. E que tivesse…Há 1 ano e meio que nao chega ao meu conhecimento a prestação de contas…

      Portanto caro senhor, o senhor está muito equivocado. Informo-se antes de tecer seus comentários.

      Tem muitas arvoresnecessitando de poda e moradores já pediram,…até hoje não foram feitas….a exemplo rua 10/11; na zona do bar A grande família.
      A quadra do bar está uma vergonha também e, nada eh feito la´.

      Estou à disposição.

    • Teresa says:

      O senhor realmente está muito equivocado…essa poda foi pedida ao presidente da Associação Sr. Farias, desde janeiro. Sentei com ele aqui na frente e mostrei-lhe os problemas que estavam acontecendo, desde bicho do passarinho que formou outra árvore, gente subindo nas árvores q estavam altíssimas vendo p dentro das nossas casas (M.Aparecida e minha), rízes rebentando muro e o chão das nossas casas; muitas coisas indevidas acontecendo nos arbustos cheios e galhos de arvores enormes cobrindo, lixão, banheiro público e muito mais.

      PODÁMOS, NÃO DERRUBÁMOS
      A autora da denúncia quando decidiu por conta própria cortar as árvores de uma das quadras existentes na orla sem consultar a Associação e provavelmente sem autorização do órgão competente, talvez a mesma estivesse acreditando que estava realizando uma boa ação para a comunidade.

    • Teresa says:

      O senhor realmente está muito equivocado…essa poda foi pedida ao presidente da Associação Sr. Farias, desde janeiro. Sentei com ele aqui na frente e mostrei-lhe os problemas que estavam acontecendo, desde bicho do passarinho que formou outra árvore, gente subindo nas árvores q estavam altíssimas vendo p dentro das nossas casas (M.Aparecida e minha), rízes rebentando muro e o chão das nossas casas; muitas coisas indevidas acontecendo nos arbustos cheios e galhos de arvores enormes cobrindo, lixão, banheiro público e muito mais.

      PODÁMOS, NÃO DERRUBÁMOS!!! O que é absolutamente normal!

      Pago associação ha 26 anos! Parei um ano na gestao anterior, por ter pedido a poda duma arvore que colocava em risco os traseuntes. Durante um ano UM ANOOOO, até aoo dia que quase matou uma criança e, decidi costar por conta propria, o que me custou quase 4 anos do pagamento da associação. E, tive diversos prejuízos ainda, rebentou telhado, cano de agua etc…

      Voltei a pagar quando a nova diretoria entrou…mais uma vez não sendo atendida no pouco que peço. Se o senhor sabe tanto, deve saber que toda esta área eu cuido, planto, adubo, podo,mantenho plantas podadas e bonitinhas, trato junto cam a vizinha M.Aparecida do combate aos caramujos….enfim…muitas coisas que o senhor não sabe. Estou sem pagar a associação desde abril por conta exactamente da mesma coisa. Pagámos do nosso bolso e temos o rebibo, o que nos cobre ateh quase ao fim de ano o pagamento da associação.

      Prestação de contas? Nunca as vi neste ano e meio!

      Tem tudo no facebook da Sapetinga com fotos, texto explanatórios das diversas ações.
      Informe-se antes de tecer comentários.

      Estou à disposição.

  • Judson says:

    Tem sido frequente, moradores fazerem reforma e colocarem o entulho na margem do rio, infelizmente nossa consciência anda muito aquém da necessidade planeta.

  • Léo Machado says:

    Não entendi esse CORREIA, então é pra jogar entulho no rio é esse o seu Questionamento? Acredito que a denuncia não deve se limitar a um comunicado a associação de moradores, aliás a pessoa que denunciou a obra fez um favor a associação para que a mesma tome posição

  • Jorge farias dos santos says:

    Gente, bom dia, já solicitei, o direito de resposta, ao blog,acredito que um bom julgador deve ouvir os dois lados antes de julgar.muitas inverdades compõem o misto de informações prestadas.Nao foi lixo jogado jogado ,no rio e sim pedras na encosta do barranco que vem sofrendo erosões, como está acontecendo no São Miguel. Não existe crime ambiental, pois existe eum tac assinado entre o ministério público e o meio ambiente para colocação das pedras do porto, aqui na orla para evitar este transtorno.
    Estarei tomando as devidas providências, para que a verdade seja esclarecida.

  • Léo Machado says:

    Senhor Jorge, sugiro então postar a TAC para que todos tenham conhecimento e claro esclarecer aos associados e não associados do bairro… sinceramente eu no lugar da Teresa faria a mesma coisa, não é do meu conhecimento a permissao para jogar entulho as margens do rio, ja pensou se está moda pega? Não vi ali medidas de contenção ( entulhos ensacados,amarrados, cercados, aterrados ou pneus). Já que é permitido que seja feito da forma correta.
    Precisamos ter consciência ambiental, a sapetinga é linda e não é só dos seus moradores é de todo mundo.
    Me desculpa mas devemos fiscalizar SIM.

Deixe seu comentário

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia