Prefeitura prevê eliminação de uma lixeira por semana

Ações de combate às lixeiras viciadas identificaram mais de 84 pontos de acúmulo de resíduos em bairros de Ilhéus. A Prefeitura Municipal retomou o programa de erradicação dessas lixeiras e já exterminou pelo menos 17 pontos pelas equipes de limpeza. Ações de combate às lixeiras viciadas pela cidade foram intensificadas pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Secsurb), durante este ano.

De acordo com a secretaria, o alvo é evitar o acúmulo de lixo em determinados pontos, também como forma de prevenção à proliferação do mosquito Aedes aegypti, vetor de doenças como dengue, chikungunya e o zika vírus. Para combater tudo isso, o programa desenvolve ainda ações de sensibilização porta a porta, instala lixeiras comunitárias e placas educativas e, quando necessário, desloca fiscais a áreas que necessitam de maior atenção.

Na última segunda-feira (26), foi instalada uma dessas lixeiras comunitárias no bairro Nossa Senhora da Vitória. A meta, segundo o titular da Secsurb, Hermano Fahning é manter a cidade limpa e agradável. “A retirada das lixeiras viciadas presta um serviço de saúde à população, evitando que o acúmulo de lixo atraia pragas e sirva como locais de reprodução do mosquito. Vamos eliminar uma lixeira por semana”, estima Fahning.

Ação integrada – A retirada de um ponto de lixo envolve o trabalho conjunto com a empresa CTA, responsável pelos serviços no município. Após determinação do prefeito Mário Alexandre foram entregues 160 lixeiras para serem instaladas em alguns pontos da cidade, e novos caminhões de coleta dos resíduos domiciliar. “Com ações pontuais, renovação da frota e a regularidade dos horários de coleta, teremos aí uma otimização dos serviços. Tudo isso em respeito ao cidadão que mora e visita à cidade”, argumenta o prefeito.