Obras de asfaltamento no Nossa Senhora da Vitória. Foto Clodoaldo Ribeiro

A Secretaria de Infraestrutura do Município de Ilhéus emitiu nesta quinta-feira (22) uma nota de esclarecimento rebatendo os questionamentos feitos em redes sociais sobre as obras de recapeamento asfáltico do bairro Nossa Senhora da Vitória.

Confira abaixo, na íntegra, a nota publicada.

A Secretaria Municipal de Infraestrutura e Defesa Civil (Seinfra), em relação a uma publicação veiculada e compartilhada em rede social na quarta-feira (21), a respeito da qualidade dos serviços realizados pela Prefeitura de Ilhéus, esclarece inicialmente que, além de os fatos não corresponderam com a realidade, quem escreve afirma não ser um ESPECIALISTA no assunto, o que de fato comprova em suas colocações.

Tecnicamente, compactar o solo, como foi mencionado, se faz quando existe uma rua no barro, e para esta situação, teria que cortar o solo e realizar uma sub-base deste mesmo solo, para em seguida, vir o rolo compactador (pé de carneiro) e na sequência uma base de brita, para daí vir uma nova compactação em brita graduada. Feito isto, é realizado a inclinação e aplicação da pintura de ligação e depois a capa asfáltica.

O que está sendo feito no bairro Nossa Senhora da Vitória, na Rua da Matriz não é um convênio de pavimentação asfáltica, e sim um convênio de recapeamento ou capeamento asfáltico. Esta capa é aplicada sobre um pavimento já consolidado, e no caso da rua já existiam paralelos. A Prefeitura fez uma verificação da via e constatou que havia inclinação suficiente para trazer a água superficial das águas pluviais.

Se o pavimento estiver consolidado, pode aplicar o asfalto. É pertinente ressaltar que antes da operação, a Prefeitura realizou os serviços de tapa-buracos e as pinturas de ligação para haver aderência do asfalto com o pavimento anterior. Esta secretaria informa que o convênio é fiscalizado e aprovado pela CONDER – Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia.

E cabe ressaltar ainda que não é papel da Seinfra Municipal aplicar asfalto de maneira inconsequente, principalmente por ser uma ação pactuada com o Governo do Estado. Esta secretaria informa ainda que possui corpo técnico formado por profissionais capacitados, sendo engenheiros, secretário, superintendente, as três gerências, além de mais dois engenheiros concursados e uma equipe de técnicos em edificações e topógrafos.

Para além dos relatos populares, esta artéria não recebia melhorias há mais de 30 anos. Trabalhamos muito diariamente para honrar o nosso compromisso com os ilheenses. A Prefeitura lamenta a divulgação desse tipo de informação, e classifica como configurados ataques feitos por pessoas leigas, não só, e que não tem compromissos com a cidade, com intenções meramente políticas de denegrir a imagem do atual governo.