Imagem: Reprodução.

A barragem do distrito de Quati, em Pedro Alexandre, município baiano na divisa com Sergipe, sofreu um rompimento no final da manhã desta quinta-feira (11). Ainda não há informações de vítimas.

De acordo com a prefeitura local, o temporal que cai na região ajudou a comprometer a estrutura da barragem, que faz a contenção da água do Rio do Peixe, e uma parte da estrutura rompeu, fazendo com que uma grande quantidade de água invadisse o povoado de Quati. 

A enxurrada atingiu inclusive o município vizinho de Coronel João Sá, que teve diversas ruas alagadas. Um trecho da rodovia BR-235 também foi tomado pela água e pela lama, e está intransitável.

Como o rompimento não foi total, moradores de Coronel João Sá, que estão numa área mais vulnerável às águas, estão sendo retirados de casa. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra as ruas alagadas, e os moradores buscando pessoas que podem estar em risco. 

A situação afeta vários serviços na região, e as escolas não estão funcionando. O prefeito de Coronel João Sá, Carlinhos Sobral, publicou um vídeo nas redes sociais orientando a população que vive em áreas consideradas de risco a deixar os locais.

“A barragem do Quati realmente estourou. É uma situação atípica. Nunca aconteceu isso com essa barragem, então, nós não sabemos as consequências. Eu peço encarecidamente que todas as pessoas que moram nas áreas de risco que saiam das suas casas, peguem seus documentos pessoais, objetos de valores. (…) Melhor a gente prevenir”, afirmou ele.

Publicado por Prefeitura de Coronel João Sá em Quinta-feira, 11 de julho de 2019

Alertas – Segundo a Superintendência de Proteção e Defesa Civil do Estado (Sudec), ainda no início da manhã foi recebido um alerta de risco do rompimento da barragem. 

O órgão informou que a situação foi confirmada por volta de 11h20min, quando receberam a informação do rompimento da estrutura da barragem. Confira AQUI.

Até agora, duas de suas equipes a foram enviadas ao local e o Corpo de Bombeiros já foi acionado. 

Por conta do rompimento da barragem, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) emitiu um alerta sobre o dano à rodovia BR-235. O órgão federal informa que irá aguardar a “redução do nível da água para verificar possíveis danos à rodovia, recuperar em caráter emergencial e restabelecer a trafegabilidade o mais rápido possível”. Do Correio 24 horas.