A professora Maria Sandra Leone, autora do projeto Vida Saudável sem Barreiras, em 2018, na Escola Municipal do Iguape, representou Ilhéus em mesa redonda realizada pela Fundação Nestlé Brasil em São Paulo, na última terça-feira (4), para apresentação dos resultados do projeto. A premiação inclui benfeitorias no valor de até R$ 35 mil, que já foram recebidos e aplicados na construção da quadra de esportes da escola, além de orientação de especialistas durante o segundo semestre deste ano.

A experiência exitosa da escola está entre os 10 projetos vencedores do Prêmio Crianças Mais Saudáveis, criado pela instituição para identificar e aprimorar projetos que promovam práticas de atividades físicas, educação alimentar e nutricional em escolas públicas de todo o Brasil.  Os vencedores também ganham formação e orientação de especialistas do Instituto Crescer, além de uma assinatura digital da revista Nova Escola por um ano.

“Também tive a oportunidade de falar do Centro de Referência a Inclusão Escolar (Crie), onde o meu trabalho com atividade física adaptada, permite que a Escola Municipal do Iguape ofereça atendimento especializado e promova inclusão com os alunos”, destaca Sandra Leone. Os vencedores do Prêmio Crianças Mais Saudáveis também ganham formação e orientação de especialistas do Instituto Crescer, além de uma assinatura digital da revista Nova Escola por um ano.

A professora relata que a premiação é muito importante para a escola. “A ideia é que esse projeto seja uma extensão da casa do aluno, vindo a transformar não só o estilo de vida deles, mas de todos” destaca Sandra Leone. Ela também destaca que a premiação só foi possível por causa da parceria com Nutricionista Michelle Reis, Prof. Maurílio e Profa. Adna ambos Professores de Educação Física e os estagiários de Educação Física William e Joseane.