Osman foi reeleito até 2023 para a presidência do sindicato. FOTO: APPI/APLB SINDICATO

Em uma eleição bastante concorrida que mobilizou maciçamente os trabalhadores em Educação, foi escolhida a nova diretoria executiva da APPI/APLB – Delegacia Sindical Costa do Cacau e os dirigentes que irão comandar os destinos da entidade até 2023.

Encerrada a apuração, foram contabilizados 1.716 votos e, deste total, a Chapa 1, denominada “Resistência e Luta”, obteve 1.659 votos, representando 96,7 por cento dos votos válidos. Quarenta eleitores optaram por votar “em branco” e 17 votos foram considerados nulos.

Para o cargo de presidente da delegacia foi reeleito o sindicalista Osman Nogueira. “Foi a vitória da resistência e da confiança depositada em toda a chapa pelos trabalhadores e trabalhadoras em Educação”, avalia Nogueira. Para ele, a votação expressiva e incontestável representa a credibilidade de lideranças sindicais historicamente comprometias com a categoria. Osman assegurou que o trabalho ficará ainda mais fortalecido com a união demonstrada no pleito.