Servidor é acusado de esconder os editais das licitações da Câmara de Vereadores de Ilhéus

Na manhã desta segunda-feira (20), o servidor da Câmara de Vereadores de Ilhéus Paulo Eduardo Leal Nascimento se apresentou no fórum Epaminondas Berbert de Castro acompanhado pelo seu advogado. 

Paulo é acusado de esconder os editais das licitações da Câmara de Vereadores de Ilhéus e estava com o mandado de prisão em aberto. Após passar por audiência de custódia, ele foi conduzido para o presídio municipal Ariston Cardoso para aguardar os trâmites da justiça. 

A prisão de Leal faz parte da “Operação Xavier”, desencadeada na última quarta-feira, 15, pela 8ª Promotoria de Justiça de Ilhéus, GAECO e polícia rodoviária federal.