Divulgação.

Desde o início do mês de março foi iniciada a reforma na área externa da Escola São João Bosco, situada no Banco da Vitória, em Ilhéus, com investimento integral da mantenedora Human Network do Brasil (HNB). Estão sendo promovidas intervenções em diversos ambientes para otimizar o uso dos espaços e de equipamentos existentes no imóvel.

Cada detalhe da reforma foi pensado com atenção para a melhoria do espaço educacional e acesso do público, desde o caminho de entrada na escola com a eliminação de buracos, restauração e construção de novas canaletas para o escoamento da água da chuva, à reforma do parque e sala de artes. As britas utilizadas no caminho de acesso  foram doadas pela entidade parceira, o Rotary Club de Ilhéus Jorge Amado.

“O objetivo da Human Network do Brasil é que a Escola São João Bosco seja referência em ambiente educacional na região, revelando dignidade no pedagógico e na estrutura para bem atender o público recebido, sejam as crianças, colaboradores, pais, professores ou amigos. É dever de todos cuidar do que se tem e tratar bem o lugar de educação, para que outras crianças no futuro também tenham a chance de receber uma escola com uma boa estrutura, preservada por todos que aqui aprenderam, ensinaram, ajudaram e trabalharam”, explicou a diretora financeira da HNB, Jussara Antunes, que agradeceu ao RCIJA pela doação das britas. O RCIJA, parceiro da Escola, tem como meta tornar a Escola São João Bosco uma escola modelo do Rotary.

A sala de artes, que fica pouco antes da entrada da escola, foi totalmente reformada. As mesas fixas de cimento que eram altas, foram rebaixadas para se adequarem à altura das crianças de 3 a 5 anos. Uma rampa de acesso, pia/lavatório com azulejos coloridos, pintura, reforma total da sala para armazenamento de materiais de artes e do banheiro, foram feitos ou restaurados. Este espaço se destina à realização de atividades artísticas dos alunos, como pintura, argila, mosaico, e outras que as professoras estipularem, como pinique ao ar livre, por exemplo.

O parquinho de madeira também foi reformulado com o rebaixamento dos equipamentos, como o balanço, escorregadora e gangorra. O piso redondo de alvenaria também foi melhorado. A reforma encontra-se em fase final, com a aplicação de gramado na área do parque. A previsão é que até o final do mês de abril a reforma seja concluída.