Professores deflagram greve na UESC. FOTO: Matheus Albuquerque/Radio UESC

Em assembléia realizada na manhã desta quarta-feira (10), os professores da UESC votaram por aderir à greve docente que já havia sido iniciada pelas outras três Universidades Estaduais da Bahia (UEBA). 

Com 96 votos favoráveis e 52 contra, a greve foi deflagrada e deve entrar em vigor a partir da próxima segunda-feira, cumprindo os prazos determinados por lei. As principais reclamações docentes, são o desmantelamento das instituições de nível superior na Bahia e a defasagem dos salários nos últimos 4 anos.