Dois dos suspeitos que faleceram em confronto com a polícia.

No início da noite deste domingo (7), três suspeitos entraram em confronto com um grupo da PETO 69 e 68 que resultou na morte dos indivíduos. Todos os indivíduos tinham passagem e eram procurados por cometer homicídios com requintes de crueldade na cidade de Ilhéus.

Roberto Batista dos Santos, conhecido popularmente como Loka e mais dois indivíduos identificados apenas como Neto e Benício foram levados para o HRCC ainda com vida, chegaram a passar por procedimentos de emergência, mas não resistiram e tiveram o óbito confirmado. Informações ainda desencontradas apontam para um quarto suspeito, conhecido como Jefferson, que também veio a óbito.