Aplicativos passaram por dificuldades durante toda esta quarta-feira.

Várias horas após o início da instabilidade nos aplicativos da família Facebook, a rede social criada por Mark Zuckerberg permanecia com problemas na noite desta quarta-feira (13). Usuários relataram problemas para realizar postagens, especialmente com links, vídeos e fotos. Mesmo assim, para alguns, ainda era possível conferir frases simples no “feed” de notícias.

Nossas publicações nas redes sociais também foram prejudicadas e até a madrugada desta quinta-feira (14), os links do site continuavam a não funcionar como o habitual no Facebook. Pedimos desculpas por eventuais inconvenientes aos leitores que nos acompanham pelas redes sociais afetadas.

Nas outras redes sociais, o Instagram, que durante a tarde travou completamente para os usuários, começou a voltar ao normal no início da noite. Neste período, já era possível, para alguns usuários, verificar o feed de postagens e postar imagens e vídeos. 

O WhatsApp, que também pertence ao grupo financeiro do Facebook, permaneceu instável desde o início da tarde de quarta até a madrugada desta quinta. Muitos internautas usaram o Twitter para relatar problemas ao enviar vídeos e fotos pelo aplicativo de troca de mensagens.

Até mesmo o Facebook teve de usar o Twitter para se comunicar com seus usuários. Por volta das 14h45 (horário de Brasília), postou que a empresa estava ciente do problema nos aplicativos e estava trabalhando para resolvê-los. Uma hora depois, a rede social informou que a instabilidade não havia acontecido por um ataque de negação de serviço.

Publicação do Facebook via Twitter informou que não se tratava de um ataque de hackers.

Tradução

1º Tweet: “Estamos cientes de que algumas pessoas estão atualmente tendo problemas para acessar a família de aplicativos do Facebook. Estamos trabalhando para resolver o problema o mais rápido possível.”

2º Tweet: “Estamos focados em trabalhar para resolver o problema o mais rápido possível, mas podemos confirmar que o problema não está relacionado a um ataque de DDoS.”

Já o Instagram, só se manifestou horas depois, afirmando reconhecer que é frustrante para o usuário não conseguir acessar o aplicativo, mas que a equipe estava trabalhando fortemente para resolver o problema.