Umas das praias impróprias é a do Sul (Em frente as barracas, acesso Km 0, em direção ao Aeroporto de Ilhéus).

A Rede Amostral de Monitoramento da balneabilidade no estado atualmente é composta por 133 pontos, distribuídos em toda a costa baiana. As amostras de água para analises da balneabilidade são coletadas sistematicamente semanalmente, no período da manhã em locais com maior concentração de banhista.

De acordo com a resolução Conama a praia é considerada imprópria quando mais de 20% das amostras coletadas em cinco semanas consecutivas, apresentar resultado superior a 1.000 coliformes fecais ou 800 Escherichia coli, ou quando, na última coleta, o resultado for superior a 2500 coliformes termotolerantes ou 2000 Escherichia coli ou 400 enterococos por 100 mL de água.

Praias impróprias: Praias impróprias: Sul (Em frente as barracas, acesso Km 0, em direção ao Aeroporto de Ilhéus) , Opaba (Próximo à barraca Brilho do Luau).