Divulgação

Dirigentes das entidades representativas da indústria e comércio de Ilhéus reuniram-se com o prefeito Mário Alexandre, nesta quinta-feira (21), para discutir os principais pontos do projeto de reforma administrativa que será encaminhado para análise e votação do Legislativo na próxima semana.

O projeto prevê a fusão de secretarias e criação de novas pastas na estrutura da administração municipal, entre elas a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Urbanismo.

Presentes na reunião, os representantes da Associação Comercial, Antônio Marcos Ferreira Campos e Libério Menezes Filho; Câmara de Dirigentes Lojistas, Clóvis Júnior, Valderico Reis Júnior e Paulo Moreira; Sindicato dos Produtores Rurais de Ilhéus, Milton Andrade Junior; Sindicato das Indústrias de Aparelhos Eletrônicos, Elétricos, Computadores, Informática e Similares de Ilhéus e Itabuna (Sinec), Sílvio Comin e do secretário municipal de Indústria e Comércio, Paulo Sérgio dos Santos.

Segundo explica o prefeito, a reunião atendeu a um pedido dos empresários, que queriam alinhar os interesses dos setores privados com os objetivos do governo municipal. “Nosso projeto de reforma administrativa tem como meta principal a eficiência da gestão e economia dos recursos públicos, assim como está sendo feito pelos governos estadual e federal. Somente com a redução dos cargos comissionados, iremos economizar cem mil reais por mês”, enfatizou.

Durante o encontro, o prefeito comentou também sobre o projeto de reforma tributária que do governo municipal, para corrigir distorções e aumentar a arrecadação municipal. “Estamos analisando a revisão do valor dos alvarás de construção e o recadastramento de imóveis, onde existe uma defasagem histórica, pois temos cerca de 70 mil residências em Ilhéus, mas apenas 35 mil imóveis cadastrados para o IPTU”, exemplificou.