Pai da criança foi preso e segue detido em Teixeira de Freitas. FOTO: G1 Bahia

Um bebê de 1 ano sofreu coma alcoólico após o pai dar doses de cachaça misturada com refrigerante, na madrugada de domingo (17), no município de Mucuri, no sul da Bahia.

Conforme o delegado Charlton Bertolini, que investiga o caso, a mãe do menino, que não teve a identidade revelada, contou em depoimento que o pai da criança, Gleciano de Souza Santos, de 26 anos, deu ao bebê algumas doses de cachaça misturada com refrigerante.

Ela ainda afirmou que o filho foi encontrado desmaiado na cama. O suspeito nega a versão e disse que a criança ingeriu a bebida sem ele ver. A criança foi socorrida desacordada por policiais militares e levada para a Unidade Municipal Materno Infantil (Ummi) de Teixeira de Freitas, onde permanece internada. Não há informações sobre o estado de saúde dela.

 Ainda segundo o delegado Charlton Bertolini, o pai do bebê foi levado para a sede da 8ª Coordenadoria Regional do Interior (Coorpin/Teixeira de Freitas). O delegado disse que já tomou depoimento dos policiais, Conselheiro Tutelar, mãe da criança e Gleiciano, que foi autuado em flagrante por vender ou fornecer bebida alcoólica para crianças ou adolescentes, de forma que possa causar dependência física ou psíquica.